Kelps faz palestra sobre a importância do transporte público para a economia da Grande Natal

Kelps fez palestra na Câmara de São Gonçalo do Amarante

Kelps fez palestra na Câmara de São Gonçalo do Amarante

Pós-graduado em gestão pública e mestrando em políticas públicas pela UFRN, o deputado estadual Kelps Lima falou hoje na Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante sobre a importância da interligação do transporte público da Grande Natal como item de desenvolvimento econômico para todo o Estado.

O mandato de Kelps e o partido Solidariedade, do qual ele é presidente, possuem uma agenda de ações em relação a esse assunto, mas há anos o tema vem sendo negligenciado pelos executivos tanto do Governo do Estado quanto da Prefeitura de Natal, que não conseguem executar projeto algum que unifique os sistemas de transportes das principais cidades no entorno na capital.

“Enquanto a preocupação da classe política for apenas eleição, vamos continuar vendo sempre os mesmos problemas relacionados à escândalos e episódios de corrupção. O transporte público de qualidade ajuda na circulação de pessoas, de bens e de serviços. Nosso transporte na capital pode ser um aliado da economia, mas está travado porque não há projetos modernos ou ousados em gestação”, diz o deputado Kelps Lima.

Estudantes estão sofrendo no transporte intermunicipal

Compartilhe Viagens

Desde a segunda quinzena do mês passado (abril),  os estudantes estão enfrentando problemas para usarem o documento emitido pelo SETURN (Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal). A carteira não está sendo aceita no transporte intermunicipal, uma vez que o SETURN através do NatalCard é impossibilitado de ser cadastrado para emitir o carteiras estudantis junto ao DER – Departamento de Estradas e Rodagens do RN, órgão estadual que regulamento o transporte público de passageiros entre os municípios do RN.

Outro problema tem sido a situação irregular das carteiras dentro do município de Natal. A lei municipal no. 05370 de 08 de Abril de 2002 é clara ao determinar que a emissão e confecção de carteiras de estudante é de responsabilidade das entidades representativas da classe estudantil que estejam devidamente legalizadas. Considerando ser o SETURN um sindicato de empresários do transporte, não poderia ele realizar a confecção e emissão de documento estudantil válido. Até mesmo o direito à meia entrada em shows e eventos pode ser questionado. Para o advogado Thales Góes que representa a Central dos Estudantes esta é uma situação atípica que precisa ser fiscalizada: “A Prefeitura de Natal através da STTU precisa impedir que o SETURN continue emitindo documentos sem validade”, declarou.

Estima-se que cerca de 120 mil carteiras estudantis já foram emitidas através do NatalCard neste ano , ao custo individual de R$ 25,00, o que totalizaria R$ 3 milhões. Esse volume de recursos vem sendo inclusive questionado pelo vereador de Natal, Sandro Pimentel (PSol). Segundo o parlamentar, não se sabe para onde vai o dinheiro: “O SETURN não presta contas da taxa da carteira de estudante para ninguém e muitos alunos que compraram o documento estudantil do SETURN tiveram que comprar um outro para usar nos ônibus que circulam entre os municípios, já que a carteirinha do NatalCard não têm validade”, concluiu Pimentel.

 Com informações de Eugênio Bezerra, da assessoria da Central dos Estudantes.

Vereadora Eudiane Macedo apresenta projeto para instalação de bicicletários

Compartilhe Viagens

A vereadora Eudiane Macedo (Solidariedade) apresentou um projeto de lei na Câmara Municipal de Natal para que sejam instalados bicicletários nos prédios públicos da administração municipal. A disponibilização de estacionamento de bicicletas tem como objetivo facilitar a vida das pessoas que cada vez mais utilizam esse meio de transporte no dia-a-dia, sejam servidores ou população em geral.

Segundo o projeto da vereadora Eudiane, a capacidade de vagas dos bicicletários deverá ser proporcional ao fluxo de freqüentadores de cada uma das unidades, sedes, sub-sedes ou repartições em que forem instalados. “Nossa expectativa é de que o projeto seja bem recebido pelos colegas vereadores e, após sua aprovação, seja colocado em prática pela Prefeitura, que vem implantando ciclovias por nossa cidade”, afirmou a vereadora Eudiane Macedo.

Eudiane Macêdo é do Partido Solidariedade em Natal

Eudiane Macêdo é do Partido Solidariedade em Natal

Os bicicletários deverão permitir a guarda segura das bicicletas, além de cobertura para proteger da chuva. Seu funcionamento está condicionado aos horários de funcionamento de cada prédio público onde estiverem localizados.