Tribunal Eleitoral e Ministério Público vão trocar informações à caça de malfeitores

O TRE, e o Ministério Público Federal e Estadual celebram acordo de cooperação visando a utilização do banco de dados da justiça eleitoral potiguar para subsidiar as investigações implementadas pelo GAECO (Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado).

Presidente do TRE e o Procurador Geral Rinaldo Reis assinaram termo de acordo

Presidente do TRE e o Procurador Geral Rinaldo Reis assinaram termo de acordo

FORMAM UM PAR. NÃO HÁ COMO SEPARÁ-LOS.

Compartilhe Viagens
Não dá para separar. Os dois se elegeram juntos duas vezes. O que cabe a um, tem que caber ao outro.

Não dá para separar. Os dois se elegeram juntos duas vezes. O que cabe a um, tem que caber ao outro.

Dilma se elegeu presidente do Brasil duas vezes tendo Temer como vice-presidente.

Isso é fato. Não é ideologia de esquerda ou de direita. Os dois são um projeto político só. O objetivo de cada um é a permanência no Poder para benefício de seus grupos. E é aí onde está a diferença: nos grupos que usufruem dos benefícios.

Dilma é um grupo. Temer é outro grupo. Quando o Brasil teve dinheiro, se locupletaram juntos. Quando o país quebrou, ficaram brigando pelo que restou de nossa economia.

Agora querem escapar. Cada um com um pedaço. E a gente que se lasque.

Os dois grupos são nocivos ao Brasil. Enquanto um só pensa na extrema esquerda, o outro só beneficia a extrema direita.

Dilma e Temer formam um par. Não há como separá-los. Se tiramos uma, precisamos tirar também o outro.

O Brasil vai sobreviver. O país é maior do que Dilma e Temer.

 

PMDB Nacional emite nota após Polícia Federal ter entrado em seu diretório no Ceará

Revista Deguste

“O PMDB Nacional repudia a ação executada na manhã de hoje (29-05) pela Polícia Federal na sede do diretório estadual do partido no Ceará, em cumprimento a ordem do Tribunal Regional Eleitoral.

O episódio causa consternação: nem nos tempos da ditadura, partidos políticos tiveram suas sedes invadidas. Ainda mais quando não há nexo ou consistência nas motivações alegadas. Em plena democracia, uma sede de partido foi invadida para busca de apitos e outros materiais. Chega a ser chocante.

O que o partido tem feito no Ceará é ouvir a população em encontros regionais que promove regularmente, inclusive em anos não eleitorais. É contra a realização desses encontros que veio a ordem para a ação policial na sede do partido.

A Polícia nada encontrou de irregular na busca. Nem poderia. Afinal, o PMDB sequer detém controle sobre o uso da máquina pública do Ceará. Estranhamente, a ação ocorreu mesmo depois de duas decisões da Justiça Eleitoral considerarem totalmente legais os encontros promovidos pelo PMDB, rejeitando denúncias improcedentes. O PMDB não aceita qualquer tentativa de suprimir o livre exercício da democracia. Vai adotar as providências cabíveis contra essa ação agressiva à sua sede e continuará, dentro da Lei, com o eu propósito de ouvir o povo.

Depois de consultar o presidente licenciado do PMDB, Michel Temer, assino esta nota.

Senador Valdir Raupp

Presidente Nacional do PMDB

KELPS VAI PRESIDIR O SOLIDARIEDADE NO RIO GRANDE DO NORTE

Compartilhe Viagens

O deputado estadual do Rio Grande do Norte, Kelps Lima, vai se filiar ao Solidariedade, novo partido político criado pelo deputado federal Paulinho da Força Sindical.

A decisão foi tomada na manhã de segunda-feira, 30 de setembro, em café da manhã, em São Paulo, entre Kelps e o próprio presidente nacional da legenda.
O Solidariedade será um dos cinco maiores partidos do Congresso Nacional, com mais de 30 deputados federais.
Kelps vai se dedicar à montagem do Partido no Rio Grande do Norte, convidando pretensos pré-candidatos a deputado estadual e federal à se filiarem à sigla.

Paulinho e Kelps juntos no Solidariedade

Paulinho e Kelps juntos no Solidariedade

CCJ da Assembleia marca sessão especial para votar o ficha limpa

Revista Deguste
CCJ da Assembleia do RN         Depois do adiamento da terça-feira passada, a votação do projeto do deputado Kelps Lima, que institui a exigência de Ficha Limpa para cargos comissionados no Governo do Estado, está marcada para ser retomada em sessão especial, às 15h de hoje (quinta-feira), na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa.
       Para ter a continuidade de sua tramitação aprovada, o projeto precisa de três dos cinco votos da comissão.
Dois deputados já votaram em sessões anteriores e o resultado parcial é um voto a favor (do deputado Hermano Morais – que é relator do projeto) e um contra (do deputado Getúlio Rego).
Ainda podem votar os deputados Kelps Lima (autor do projeto), e os deputados Ezequiel Ferreira de Souza e Agnelo Alves.
A votação estava prevista para terça-feira passada, 24 de setembro, mas teve que ser adiada porque um dos componentes da CCJ não pode comparecer à sessão.

Wilma tem um batente maior. Resta saber se o teto dela é mais alto do que o de Walter e Robinson?

Compartilhe Viagens

A pesquisa divulgada na sexta-feira com os três principais nomes citados como candidatos ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte mostra que a ex-governadora Wilma, tem, neste momento, uma preferência maior do que a soma de Walter Alves e Robinson Faria, juntos.

É provável que algumas pessoas vejam nela a antagonista de Rosalba, como Carlos Eduardo foi para Micarla, em Natal.

Os números divulgados pela Pesquisa Band/Consult, que ouviu pessoas em todas as regiões do Estado entre os dias 14 e 18 de agosto, mostram o batente de onde Wilma, Robinson e Walter vão começar suas campanhas.

Resta saber qual é o teto de cada um. Aquele limite de onde não se consegue mais subir. Quem pode ir mais longe?

Resultado da pesquisa:

Wilma 39,65%

Robinson – 10,71%

Walter Alves – 9,76%

Garibaldi diz que não foi vaiado

Revista Deguste

Através do twitter, o Ministro da Previdência, Garibaldi Filho, solicitou ao blogueiro de Caicó, Robson Pires, para corrigir a informação de que teria sido vaiado na cerimônia onde foi patrono da turma de Direito da UnP, na sexta-feira à noite.

Garibaldi pede correção de notícia

Garibaldi pede correção de notícia

Henrique aproveita jantar para anunciar duplicação da Tabajara e da BR 304

Compartilhe Viagens

Henrique Alves aproveitou o jantar em sua homenagem na sexta-feira passada, no Boulevard, em Natal, para anunciar a duplicação dos 22 km da Reta Tabajara, em Macaíba, e o projeto para duplicação da BR-304, entre Natal e Mossoró, até a divisa com o Ceará.

“Os dois projetos estão incluídos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e foram autorizados pela Presidente Dilma Rousseff”, ressaltou Henrique Alves. O presidente da Câmara dos Deputados destacou, ainda, a execução de uma terceira obra de infraestrutura do Governo Federal no Estado. “Ainda este ano a Petrobras Distribuidora vai encerrar as atividades no bairro de Santos Reis, em Natal, e até 2015 a empresa retira os tanques de combustíveis da zona urbana da capital”, disse o deputado.

 

No jantar a Henrique Alves, Agripino diz que visibilidade do cargo do presidente da Câmara atrairá projetos para o RN

Revista Deguste

Durante o jantar de homenagem ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB), sexta-feira (9), em Natal, o senador José Agripino (RN) disse não ter dúvidas de que a presença de um potiguar em um cargo tão importante como a presidência da Câmara trará importante repercussão para o Rio Grande do Norte. “Eu não tenho dúvidas de que, pela força política do cargo que Henrique exerce, a presença de um potiguar na presidência da Câmara trará, em pouco tempo, maior visibilidade nacional ao RN e atrairá projetos em prol do estado”, frisou Agripino.

O jantar – promovido pelas quatro federações de classes empresariais do Rio Grande do Norte: Fiern, Fecomércio, Fetronor e Faern – ocorreu no Boulevard Recepções, localizado do bairro de Nova Parnamirim. Entre os convidados, os ministros da Previdência, Garibaldi Filho; do Turismo, Gastão Vieira; das Minas e Energia, Edison Lobão; da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Moreira Franco; e da Justiça, José Eduardo Cardozo. Do Legislativo nacional, o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha; e o senador Paulo Davim, entre outros parlamentares. A governadora do RN, Rosalba Ciarlini, e a prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, prestigiaram a solenidade.