Eliana Lima deixa a Tribuna do Norte para estudar filosofia em Portugal

Revista Deguste
Eliana Lima vai estudar filosofia em Portugal

Eliana Lima vai estudar filosofia em Portugal

LEIA A ÍNTEGRA DA CARTA NA QUAL A JORNALISTA POTIGUAR SE DESPEDE DA COLUNA QUE ASSINAVA NO PRINCIPAL JORNAL DO RN.

Bons tempos, minha despedida da Tribuna do Norte❤

Depois de anos vestindo a camisa da Tribuna do Norte, vivenciando cada momento, dedicando-me ininterruptamente para continuar com a coluna mais informativa e respeitada do jornalismo potiguar, o tempo de parar chegou. Mesmo com a sensação de vazio na veia jornalística, com o coração apertado, esse tempo chegou.
Chegou para iniciar um sonho antigo. Realizá-lo. O sonho de cursar mestrado. Diante desse momento conturbado em que vive o nosso Brasil, com essa imensa crise política e econômica, decidi observar de longe e tentar entender o que acontece com o nosso país. E o lugar escolhido foi o país dos nossos compatriotas: Portugal. E o curso, o de Filosofia Política, que retrata, também, a ética e a política na contemporaneidade.
A partir daí comecei a alcançar o desafio. Primeiro a aprovação em uma respeitada instituição portuguesa. Fui uma das aprovadas no curso de Filosofia Política da Universidade Nova de Lisboa, o que para o RN e o Brasil representa a UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte). Obtive o nono lugar, das 25 vagas oferecidas. Mais uma etapa da minha vida profissional conquistada com muito esforço e muito estudo.
O próximo passo foi obter o aval da UFRN para essa temporada de estudo na Europa. A aprovação no curso e uma infinidade de argumentos foram aprovadas e meu afastamento, com direito ao salário integral, autorizado. Esse é um incentivo que o Ministério da Educação oferece para os servidores que buscam a qualificação profissional para que engrandeça ainda mais a Instituição a que dedica-se.
Veio outra missão difícil: o visto de estudante. Muitas exigências, todas alcançadas, o Consulado Português em Natal aprovou. Outra experiência louvável. Chegam, então, as despedidas, o desapego. Momentos difíceis, mas muito incentivado por familiares e amigos. Confortaram. Reforçaram a realização do sonho. Mais ainda fortalecido pela companhia da minha filha, Maria Eduarda, que aproveitará para aperfeiçoar seu inglês em cursos.
O dia chegou, hora de alçar voo. Aterrissagem, hora de voltar à sala de aula depois de 25 anos. Novo, e difícil, desafio. Está valendo, muito, a vinda para Lisboa. E ainda continuo abençoada com os acontecimentos favoráveis que vêm me acompanhando. Até o aluguel de um apartamento surgiu como uma benção, pelo local e pelo preço acordado com o proprietário, muito aquém do atualmente praticado no momento de alta no mercado imobiliário de Lisboa.
E aqui vou seguindo, aproveitando cada oportunidade, estudando muito e conduzindo de longe o projeto que foi um dos maiores desafios da minha vida profissional: a Revista Bzzz e o Portal da Abelhinha, contando com a parceria da jovem e talentosa jornalista Alice Lima.
Diante do tempo tomado para estudar, inclusive me aprofundar na língua inglesa, tornou-se impossível continuar a escrever uma coluna diária, ainda mais com a distância d’alémar. Assim sendo, somente tenho a agradecer a Tribuna do Norte – realmente o melhor jornal para o melhor leitor – e a sua diretoria, pela

correção com a qual manteve todos esses anos de contrato, cumprindo com a imparcialidade e a liberdade de expressão, mesmo nas mais delicadas questões políticas, reafirmando o bom jornalismo e oportunizando-me continuar realizando um trabalho de credibilidade e muita responsabilidade, nas informações e nos comentários.
Terminadas as minhas férias neste domingo, 15 de outubro de 2017, é hora de parar e agradecer. E à talentosa jornalista Rosalie Arruda desejar muito sucesso e me colocar sempre à disposição para colaborar no que for possível, como manda a cartilha do bom coleguismo. Sucesso continuado à Tribuna do Norte, um bom nome dá continuidade a esse projeto de uma coluna com informações isentas e de credibilidade, com opiniões responsáveis.
Meu muito obrigada a todos, especialmente a Ricardo Alves, que foi sempre fiel a cada palavra que me garantiu, e por esta amizade que nasceu de um trabalho realizado.

A Henrique Alves, de quem recebi o primeiro convite para escrever minha coluna na Tribuna, em reconhecimento ao meu trabalho, pela sua paciência por dois anos de espera até que eu aceitasse o insistente convite; e pela sua palavra empenhada na condução da liberdade de expressão.

Ao eterno chefinho Carlos Peixoto, a quem devo muito pelo aprendizado repassado, ao apoio dado, e por ser este ser humano incrível. À Margareth Grilo, pela sua doçura no tratamento e por tantas vezes me socorrer em providências necessárias e urgentes. À minha querida amiga Anna Ruth Dantas, que sempre foi parceira de todos os momentos, interina em bonanças e turbulências. Aos diagramadores Carlos Bezerra e Alves. À queridíssima Cledivânia Pereira. Ao maravilhoso Toinho, sempre pronto a me ajudar. A todos que muito bem me receberam nesta família tribunérrima.

A Priscila Gimenez, que muito se empenhou pela minha ida para a Tribuna, sempre com incentivo.

A todos os leitores por todos esses anos de convivência, e por valorizar o meu trabalho a eles dedicado.

Quem quiser continuar a acompanhar o meu trabalho, estarei com a ótima equipe no portaldaabelhinha.com.br e na produção e condução da revista mensal Bzzz❤

Eliana Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *