Irmão do vereador que quer matar Nélter Queiroz é condenado

A Justiça do município de Campo Grande, na região Oeste do Rio Grande do Norte (antiga cidade de Augusto Severo), condenou Aureliano Rodrigues a 18 anos de prisão por duplo homicídio praticado na vizinha cidade de Paraú, também região Oeste Potiguar.

Aureliano é irmão do vereador Odelmo de Moura Rodrigues, que está preso em Açu e é acusado de querer matar o deputado estadual Nélter Queiroz, afastado da Assembléia Legislativa, por causa das ameaças.

Aureliano passou 15 anos foragido do Rio Grande do Norte, sendo capturado recentemente, no Rio de Janeiro, dentro de investigações feitas pelo Ministério Público Potiguar em uma operação chamada de “Mal Assombro”.

A operação “Mal Assombro” é uma série de diligências que o Ministério Público vem realizando para desvendar acusações que apontam o vereador Odelmo (irmão de Aureliano) como contratante de muitos assassinatos no Rio Grande do Norte. Antes de ser preso, Odelmo era presidente da Câmara de Vereadores de Assu.

Gravações em poder da polícia dão conta de que Odelmo teria encomendado a morte de Nélter Queiroz por R$ 50 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *