Livro com Receitas de Caipirinhas tem Fotos 100% Registradas com iPhone

Compartilhe Viagens

unnamed

Com edição bilingue (português/ inglês), a jornalista Kelly Costa reuniu no livro as principais informações que eram desconhecidas por ela quando começou falar de caipirinha. “Eu não sabia que tinha uma legislação sobre o assunto, não sabia que cachaças envelhecidas davam um toque especial, não imaginava tamanha diversidade de cachaça e todo cuidado envolvido e muito mais”, declara a autora.

Todo material é feito de maneira bem simples como a caipirinha, mas envolvendo uma riqueza de detalhes e variedade de sabores que enriquece o resultado final apresentado no livro e no blog Caipirinha Prendada. A simplicidade inclui, principalmente, a forma de registrar tudo. Ela e o marido Ney Otávio (Billy) registram tudo, ele ajuda no making off e vídeos, já as fotos são todas clicadas por ela mesma. “Nas viagens quando encontramos alguma fruta diferente ou cachaça regional famosa, já é motivo para um vídeo. Então, reunimos os amigos que estão conosco e partimos para a produção, experimentos e bom papo”, diverte-se a jornalista.

Como o a ideia agora é potencializar o canal no you Tube, todas as dicas são registradas também em vídeo – a maioria sem edição para preservar a simplicidade  que combina com a caipirinha, mas sem abrir mão da qualidade, tanto das receitas como do material produzido com elas.

O que começou num celular pessoal (iPhone 6S), vai para o notebook de uso pessoal e com isso há 1 ano e meio vem dando vida ao blog www.caipirinhaprendada.com.br e muito feliz com o resultado e amizades conquistadas.

TRT-RN reduz indenização de empregado chamado de jumento, burro e corno

Revista Deguste

Condenada pela 2ª Vara do Trabalho de Mossoró a pagar indenização de R$ 4 mil por dano moral a um empregado, a empresa RN Oliveira Logística Eireli recorreu da decisão ao Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região, que reduziu o valor da indenização pela metade.

O funcionário, que prestou serviços durante cinco meses para a empresa, alegou que havia sido chamado de “burro, jumento e corno” pelo encarregado da empresa, diante de seus colegas.

Além disso, ele também reclamou do risco que corria diariamente por ter que subir em escadas, com mais de quatro metros, sem nenhum equipamento de segurança (EPI – Equipamento de Proteção Individual).

A empresa argumentou, em sua defesa, que não sabia informar se, no desempenho das atribuições, o funcionário utilizava escadas, nem que o encarregado ter se dirigido a ele com palavras ofensivas.

Laudo pericial juntado ao processo concluiu que o trabalhador se utilizava de escadas de etapas móveis, em alturas de até 5 metros, sem o uso dos devidos equipamentos de proteção.

Na TRT-RN, o desembargador Bento Herculano Duarte Neto, relator do recurso na  Primeira Turma de Julgamentos, entendeu que o empregado trabalhava “usualmente exposto a riscos facilmente evitáveis, sofrendo a humilhação de ter sua saúde ser tratada com descaso pelo seu empregador”.

Por outro lado, o relator afastou a responsabilidade da empresa pelo assédio alegado pelo trabalhador, porque “os supostos palavrões não foram proferidos por superiores hierárquicos do recorrido ou eles tinham conhecimento das agressões”.

Por unanimidade, os desembargadores da turma acompanharam o relator e reduziram a indenização para R$ 2.000, sem direito ao recebimento do seguro-desemprego.

Chega ao mercado brasileiro a nova safra do vinho Esporão Trincadeira

Compartilhe Viagens

Esporão Trincadeira 2016

Provém de uma vinha de 41 anos de idade, cujas uvas foram colhidas manualmente e vinificadas em depósito de concreto, onde também permaneceu para maturação durante seis meses.

Produzido sob supervisão dos enólogos David Baverstock e Sandra Alves, Trincadeira 2016 possui aroma de fruta fresca e madura, com sugestões de ameixa e folha de chá. Na boca, é afinado e equilibrado, com textura sedosa e final persistente. Importado exclusivamente pela Qualimpor, este vinho está disponível em garrafa de 750 ml, e pode ser encontrado nos principais empórios e restaurantes do Brasil.

Fernando Pedroza recebe Unidade Móvel de Moda e Beleza do Senac

Compartilhe Viagens

Área Interna - Unidade Móvel de Moda e Beleza

Até dezembro, o município de Fernando Pedroza, localizado na microrregião de Angicos, contará com cursos da Unidade Móvel de Moda e Beleza do Senac.  A ação do Sistema Fecomércio RN beneficiará 60 pessoas com treinamentos gratuitos de Manicure e Pedicure, Corte de Cabelo: Tendências Atuais, Design de Sobrancelhas e Penteados para Festa.

O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, destacou que o Programa Senac Móvel tem o objetivo de democratizar o acesso ao ensino profissional. “Com essa iniciativa levamos oportunidades de capacitação e geração de renda para pessoas que querem se aperfeiçoar e empreender. São cursos rápidos e que permitem aos alunos um conhecimento prático, com a qualidade dos profissionais do Senac”, afirmou Queiroz.

Montada sobre uma carreta de 14 metros de comprimento por 4 metros de altura e 2,6 metros de largura, a unidade móvel do Senac está equipada para reproduzir internamente o ambiente real de trabalho de um salão de beleza. 

No Rio Grande do Norte, além de Moda e Beleza, a Instituição também conta com Unidades Móveis nas áreas de Informática e Gestão e Turismo e Hotelaria.

Pré-candidata ao Senado, Magnólia Figueiredo participa do Outubro Rosa em Bom Jesus

Revista Deguste
Leia, Magnólia, Beta e Luciana em foto do Blog BomJesusRN.

Leia, Magnólia, Beta e Luciana em foto do Blog BomJesusRN.

A atleta olímpica Magnólia Figueiredo está participando do Outubro Rosa no município de Bom Jesus. Ontem, 27, foi mais um dia de ação da Campanha “Lenço Solidário”, realizada pelo Solidariedade Mulher, que colabora para levantar a auto estima das pacientes de câncer de mama.

Em Bom Jesus, Magnólia apoiou a iniciativa da vereadora Beta, que lidera a campanha no município junto com a equipe do IMAC – Instituto Maria do Carmo.

Ao lado de Magnólia e Beta, também estão participando ativamente da campanha a vereadora de Várzea, Leila Anacleto, e a presidente do Solidariedade Mulher do RN, Luciana Bezerra.

Projeto “Doceiras do RN” incentiva a produção artesanal potiguar

Compartilhe Viagens

WhatsApp Image 2017-10-28 at 19.51.33

O projeto Doceiras do RN, criado pelo Solidariedade Mulher do Rio Grande do Norte, orienta produtoras de doces do Estado a qualificar sua produção de forma a receber a atenção positiva do mercado consumidor e a ampliar a capacidade de vendas.

Além de orientações sobre a legislação sanitária, repassada por nutricionista, o projeto Doceiras do RN apresenta técnicas elementares de marketing, como apresentação estética e fórmulas de embalagem, e facilita o acesso aos importantes cursos técnicos do Sebrae.

O projeto vem dando resultados. Além de frequentarem feiras de negócios, onde realizam vendas, as doceiras começam a conquistar mercado longe de seus centros de produção. Uma dessas produtoras, Rosalina Doceira, que mora em Bom Jesus (RN), foi contratada para fornecer iguarias que são distribuídas para turistas atendidos por uma empresa de receptivo em Natal.

“Rosalina está entregando 500 pacotes de raivinhas por semana e, em dezembro e janeiro, essa demanda aumentará para números ainda maiores.”, comemora a idealizadora do projeto, advogada Luciana Bezerra, presidente do Solidariedade Mulher RN.

Conselho de Economia se solidariza com os servidores do Estado

Revista Deguste

Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte – CORECON/RN se posiciona ao lado dos servidores públicos do Estado.

Durante esta semana, o Conselho se reuniu aos diversos sindicatos do funcionalismo público, mantendo contato e entendimento junto aos deputados estaduais, além dos secretários da área econômica, no intuito de enfatizar o posicionamento contrário às medidas extremas enviadas pelo Poder Executivo, de forma abrupta e sem nenhuma negociação com os servidores.

O CORECON entende que a iniciativa do Governo foi precipitada e infeliz, principalmente a que trata da extinção da evolução funcional dos servidores, ferindo direitos adquiridos ao longo dos anos e desrespeitando os princípios da meritocracia como uma porta justa de avaliação funcional. E, ressalta ainda, que o Governo não pode sair do imobilismo para buscar equilíbrio fiscal do estado em cima dos servidores, esses já há oito anos sem aumento, além dos salários atrasados e defasados.

O controle dos altos salários devem sim existir, mas não utilizando de qualquer medida que venha acabar com os pequenos avanços para as categorias de menor salário, após anos de luta pelos direitos atuais conquistados.

Defendemos e sugerimos que cada um dos Poderes, sejam eles Legislativo ou Judiciário, passem a administrar a sua própria carteira previdenciária, não sendo justo e nem coerente, os mesmos se autodenominarem autônomos, no ato da aposentadoria dos servidores, refletindo assim, com que as contas recaiam integralmente sobre o Executivo.

Desde o início do Governo Robinson Faria, o Conselho entregou um conjunto de providências de redução e incorporação de algumas Secretarias para minimizar as despesas públicas, entre outras medidas propostas, as quais estão: a renegociação necessária dos percentuais, destinada aos Três Poderes; minimizar o contrato de mão de obra terceirizada e o controle do sistema previdenciário do Estado. Essas são ações de natureza prática muito mais justas ao invés de sacrificar os servidores, cujos salários estão em atraso há mais de 20 meses.

O CORECON/RN continuará se mobilizando e aberto às intermediações e possíveis soluções dos conflitos existentes entre o Governo do estado e os diversos sindicatos, no intuito do equilíbrio fiscal e para que, juntos, possamos recuperar a economia do Rio Grande do Norte.

 

Confeiteira certificada em Flower Cakes, volta ministrar curso na capital Potiguar

Compartilhe Viagens

imagem_release_1105623

Nos dias 3, 4 e 5 de novembro, Natal recebe Amelia Lino, Confeiteira autodidata, advogada por formação, que dedica seu tempo a ministrar cursos por todo o Brasil e tem seu trabalho reconhecido pelos famosos e atuais Flower Cakes. Sucesso nas redes social, com mais de 126 mil seguidores no Instagram, a confeiteira  mostra detalhes e preparação dos bolos, além de divulgar datas e lugares dos cursos que ministra. No mês de outubro, Amélia apresentou seu trabalho no Programa  da Ana Maria  Braga, da Rede Globo e explicou o passa a passo de como fazer suas famosas flores.