TRT negocia precatórios. Maior dívida era da Prefeitura de Pau dos Ferros

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) negociou mais de R$ 25 milhões com 53 prefeituras do estado para pagamento de precatórios, nos meses de fevereiro e março deste ano.

Esses recursos serão utilizados pelo tribunal para pagamento de ações trabalhistas contra entes públicos, que já transitaram em julgado nas Varas de Natal e do interior do estado.

 As audiências de conciliação foram conduzidas pelo Juiz do Trabalho Alexandre Érico, coordenador do Serviço de Precatórios Requisitórios do TRT-RN.

O maior valor negociado foi com a prefeitura de Pau dos Ferros, que estava inadimplente com a Justiça do Trabalho em R$ 12,5 milhões, débito relativo a 373 processos referentes aos anos de 2005 a 2012, que serão pagos em 100 parcelas.

Para o juiz Alexandre Érico, o balanço desses dois meses de trabalho foi muito positivo. “As negociações são o melhor caminho para se buscar um entendimento. Os prefeitos fizeram um grande esforço para garantir o cumprimento da ordem judicial e, com isso, promover a justiça social”.

MUNICÍPIO

VALORES

PARCELAS

Antônio Martins

R$ 1.503.000,00

75

Assu

R$ 234.000,00

15

Barcelona

R$ 390.000,00

30

Boa Saúde

R$ 75.600,00

12

Bom Jesus

R$ 80.000,00

10

Brejinho

R$ 48.000,00

10

Caicó

R$ 280.000,00

10

Caiçara do Rio dos Ventos

R$ 232.500,00

15

Canguaretama

R$ 45.000,00

10

Ceará-Mirim

R$ 636.000,00

12

Coronel Ezequiel

R$ 53.000,00

10

Encanto

R$ 8.000,00

4

Felipe Guerra

R$ 15.000,00

3

Florânia

R$ 25.200,00

9

Francisco Dantas

R$ 5.205,00

3

Ielmo Marinho

R$ 250.000,00

10

Ielmo Marinho

R$ 170.000,00

10

Jardim de Piranhas

R$ 126.000,00

12

João Dias

R$ 200.200,00

22

Lagoa de Velhos

R$ 23.000,00

10

Lagoa de Velhos

R$ 130.500,00

9

Lagoa Nova

R$ 98.000,00

10

Macaíba

R$ 280.000,00

8

Macaíba

R$ 50.000,00

1

Messias Targino

R$ 31.500,00

9

Monte Alegre

R$ 85.000,00

10

Monte das Gameleiras

R$ 35.000,00

10

Nova Cruz

R$ 115.200,00

12

Paraná

R$ 310.200,00

30

Parnamirim

R$ 151.000,00

10

Patu

R$ 306.000,00

15

Passagem

R$ 45.300,00

10

Pau dos Ferros

R$ 12.500.000,00

100

Pedra Grande

R$ 42.000,00

10

Pedra Preta

R$ 21.000,00

10

Pedro Velho

R$ 76.500,00

9

Pureza

R$ 104.000,00

13

Rafael Fernandes

R$ 687.000,00

45

Riacho de Santana

R$ 312.000,00

24

Riachuelo

R$ 3.000,00

2

São José de Campestre

R$ 18.000,00

10

São Miguel

R$ 2.350.000,00

47

São Paulo do Potengi

R$ 405.000,00

17

São Paulo do Potengi

R$ 65.000,00

10

Santa Cruz

R$ 1.200.000,00

42

Santo Antônio

R$ 68.000,00

10

Sen. Eloi de Souza

R$ 72.000,00

12

Senador Georgino Avelino

R$ 340.800,00

25

Serra Caiada

R$ 90.000,00

16

Serra de São Bento

R$ 26.000,00

10

Taboleiro Grande

R$ 1.104.000,00

60

Taipu

R$ 165.100,00

13

Tibau

R$ 400.000,00

25

Upanema

R$ 126.000,00

9

Vera Cruz

R$ 158.000,00

17

Vila Flor

R$ 30.000,00

10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *