Abrasel RN aciona Governo do Estado e Prefeitura por medidas de socorro aos Bares e Restaurantes

A Associação dos Bares e Restaurantes do Rio Grande do Norte, temendo a crise enorme pela qual estão passando e vão passar os estabelecimentos, encaminhou pedidos de ajuda ao Governo do Estado e à Prefeitura de Natal.

Vejam quais foram os pleitos.

Em nível estadual, solicita-se usar os mesmos prazos dados em nível federal para o ICMS relativo ao Simples para as empresas deste regime tributário; Isenção do ICMS sobre as contas de energia; Parcelamento das contas da Caern; Parcelamento das contas da Potigás; Postergação dos prazos para entrega de obrigações fiscais e contábeis e a suspensão dos prazos para a prática de atos processuais no âmbito da Secretaria de Tributação Estadual pelo prazo de 120 (cento e vinte) dias; Suspensão das execuções fiscais em andamento, judicializadas ou não, pelo prazo de 120 (cento e vinte) dias; Suspensão do vencimento de todas as dívidas e parcelamentos de tributos estaduais enquanto perdurar o período da pandemia, prorrogando o seu vencimento por igual período.

Com relação ao Município, os pleitos são: Norma ou Lei regulamentando plataformas de delivery, de acordo com os moldes de Salvado (BA); Suspensão e Parcelamento ISS; Suspensão e Parcelamento IPTU; Suspensão de taxas incidentes no período; Flexibilização do uso de mesas e cadeiras em calçadas e áreas de estacionamento para possibilitar o espaçamento de 2 metros; Postergação dos prazos para entrega de obrigações fiscais e contábeis e a suspensão dos prazos para a prática de atos processuais no âmbito da Secretaria Municipal de Fazenda pelo prazo de 120 (cento e vinte) dias; Suspensão das execuções fiscais em andamento, judicializadas ou não, pelo prazo de 120 (cento e vinte) dias; Suspensão do vencimento de todas as dívidas e parcelamentos de tributos municipais enquanto perdurar o período da pandemia, prorrogando o seu vencimento por igual período; Suspensão de taxas municipais, como coleta de lixo enquanto durar a pandemia.

Com informações da Abrasel RN.

6º Festa do Camarão da Abrasel começa neste dia 17 de outubro, em Natal

Compartilhe Viagens
590b39e877308030728c578d717070f322bc630507b0c10ad45caad99e568398
Entre os restaurantes participantes estão A Cozinharia, Bistrô 21, Camarões do Norte, Camarões, Cascudo Bistrô, Comidinhas Brasil, Divino Camarão, Kojin Restaurante Japonês, La Bresserie de La Mer, Lotus Japanese Fusion Cuisine, Mangai, Marenosso, Meu Barraco Boteco Bistrô, Nau Frutos do Mar, Only Pizza, Paçoca de Pilão, Parmeggiano’s, Piazzale Itália, Rapadura Hamburguer, Famiglia Reis Magos, Shrimp & Bull, Takami, Tô-San Sushi, Zeh Cozinha, MassaFinna, Con Xin China, Tábua de Carne, Chope & Camarão.   

Durante a 6ª Festa do Camarão, os restaurantes oferecerão em suas casas pratos a preços promocionais. Em uma segunda etapa, em lugar ainda a ser divulgado, os mesmos restaurantes montam suas operações para comercializar suas criações ao preço de R$ 15,00 em menu degustação. Será montada uma grande estrutura com praça de alimentação, palco para apresentações musicais, palestras, cozinha show, estandes de artesanato local e feira de negócios.
SERVIÇO:
6ª Festa do Camarão
De 17 de outubro a 3 de novembro, nos restaurantes participantes.
Informações: 84-99169 8800 / 84-99638 4994

Festa do Camarão vai até 30 de dezembro nos restaurantes da Grande Natal

Compartilhe Viagens

4a Festa do Camarão 2016 começa nesta segunda-feira (21)

Revista Deguste

A 4ª edição da Festa do Camarão, promovida pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), começa nesta segunda-feira (21) e vai até o próximo dia 30 de dezembro, movimentando os restaurantes da Grande Natal, associados à entidade.

Max Fonseca é o presidente da Abrasel no RN. max-abrasel2

Aumento de impostos pode cortar 200 mil empregos, teme Abrasel

Compartilhe Viagens

Email enviado pela Abrasel, a Associação Brasileira dos Bares e Restaurantes, diz que setor prevê queda de faturamento e retração do negócio devido ao segundo aumento consecutivo de impostos sobre bebidas frias anunciado pelo Governo Federal em um intervalo de 30 dias.

Segundo a Abrasel, a venda de bebidas (refrigerante, água, cerveja e suco) representa entre 40% e 60% do faturamento de bares, restaurantes, lanchonetes e afins. Com a alta dos tributos, que no caso da cerveja será de, em média, 30%, o preço dos produtos subirá novamente, afugentando ainda mais o consumidor. Cenário que coloca 200 mil empregos em risco em todo o país.

Governo não pretende atender pleito dos donos de retaurantes

Revista Deguste

Os donos de restaurantes de Natal querem que o Goveno do Estado baixe o ICMS ao mesmo patamar de Estados vizinhos, concorrentes diretos do RN na captação dos recursos oriundos do turismo.

Uma audiência pública foi realizada no dia 23 de maio, na Assembleia Legislativa, para discutir o tema. O secretário de Tributação do Governo do Estado foi um dos convidados e disse que o Governo não tem como abrir mão dos impostos cobrados dos restaurantes.

Os empresários de bares e restaurantes deixaram claro que a retirada da taxa de 10% de serviço na base de cálculo da cobrança do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e prestação de Serviços- ICMS e a redução da alíquota de 4 para 2% são as saídas para deixar o setor em condições de competitividade com os estados vizinhos.

Mas não houve jeito.

Abrasel-RN lança mapa de bares e restaurantes de Natal

Compartilhe Viagens

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) – Seccional RN lançou o seu Mapa de Bares e Restaurantes. Trata-se de um mapa de bolso onde está marcada a localização de todos os associados da Abrasel na região metropolitana de Natal-RN.

De acordo com o presidente da Abrasel – RN, Max Fonseca, o material é encontrado em todos os estabelecimentos associados no Rio Grande do Norte, nos hotéis associados da ABIH e nos principais locais frequentados por natalenses e turistas.