Novo artigo de Diego Vale. Leia: “Gestor precisa gostar de gente!”

Revista Deguste
Diego Vale é pré-candidato em Caicó

Diego Vale é pré-candidato em Caicó

Gestão pública é relacionamento. Existem diversos interesses em jogo e conciliá-los é um desafio. E eles não são privados, são públicos! Ser transparente possibilita engajar pessoas. Dialogar é fundamental para convencer e conquistar.

Um dos maiores erros nas gestões públicas, principalmente as municipais, é não fazer gestão de pessoas. É, inclusive, uma das causas do descumprimento do limite prudencial. O servidor não é bem aproveitado, os talentos não são identificados, o gestor quer sempre contratar mais.

Sem gestão de pessoas o gestor não identifica os bons líderes entre os servidores, parceiros e terceirizados. Funções de coordenação caem no colo de pessoas que não sabem motivar outras pessoas e assim comprometem o resultado. Além de saber onde quero chegar, é preciso saber com quem consigo ir. Qualificação de pessoal é outro requisito fundamental!

Além de olhar para as pessoas que estão ao seu lado, o gestor deve considerar aqueles que influenciam na tomada de decisões. Em gestão pública, discutimos o papel do Stakeholder – pessoa ou grupo que pode influenciar na organização pública ou privada.

O gestor tem que saber dialogar com o Legislativo, com os formuladores de agenda, como a mídia, os controladores dos conselhos e Tribunais de Contas, os legitimadores como Judiciário e Ministério Público, a sociedade organizada, os parceiros, fornecedores, terceirizados… é muita gente para considerar!

Gestor público tem que gostar de povo, principalmente do cidadão usuário do serviço público, do contrário não haverá transformação social. Gestão pública é relacionamento. Não gosta de gente? Não arrisque ser gestor!

Diego Vale – empreendedor caicoense, mestrando em Gestão Pública

Diego Vale defende um olhar novo para Caicó preservar suas tradições saudáveis

Compartilhe Viagens

26994363_1594717200622890_3420900805033261246_n

O melhor sabor de Caicó são suas tradições.
A alegria das festas e a boa culinária.
O aprimoramento do bordado, do artesanato e do boné.
Nossos laços de família, amizades e parcerias.
Por muitos fatores já conquistamos o RN e o Brasil!

Contudo, é hora de entender que a dinâmica social, econômica e política exige o equilíbrio entre o tradicional e o novo. Como se pode preservar e inovar? Compreender o que nos dá identidade e projeção. Em que e em quem apostar.

O mundo e a sociedade brasileira estão passando por muitas mudanças. Nem todas elas são saudáveis! Não vale a pena adotá-las. Mas outras inovações são muito bem vindas e por elas nós temos que lutar.

A mudança na qual me vinculei há alguns anos e na qual estou mais dedicado neste momento é a modernização da forma da sociedade se relacionar com a máquina pública. O modelo atual faliu! Sem melhorar a máquina pública, a gente não cuida de gente. Não funciona a saúde; não afasta o desassossego que chegou devido aos altos índices de insegurança; não gera emprego.

Se falta gestão de pessoas, não existe eficiência de gestão. Cenário de recursos sempre escassos e transparência falha. É improrrogável dialogar e articular com a gente que faz a iniciativa privada. Deve-se priorizar a gente que é usuária do serviço público. Políticas públicas nascem de demandas do povo e não de apostas do gestor, senão serão ralos a mais no orçamento.

Também há as más tradições. Não vale a pena continuar insistindo. Só teremos prejuízos. Ciclos de fecham!

Diego Vale. Empreendedor caicoense. Mestrando em Gestão Pública

Magnólia, Breno, Kelps, Arthur Dutra e Fernandinho estiveram na Feirinha de Sant’Ana, em Caicó

Revista Deguste

 

Arthur, Magnólia, Breno e Fernando Bezerra

Arthur, Magnólia, Breno e Fernando Bezerra

Os pré-candidatos do Solidariedade visitaram na manhã desta quinta-feira a Feirinha da Festa de Sant’Ana, padroeira de Caicó.

Além do pré-candidato ao Governo do Estado, Breno Queiroga, e da pré-candidata ao Senado, Magnólia Figueiredo, também estiveram juntos os pré-candidatos a deputado estadual Kelps e Lima e Fernando Bezerra, e o pré-candidato a deputado federal, Arthur Dutra.

Oficina “Cinemando” do Curta Caicó começa nesta terça-feira (29)

Compartilhe Viagens

oficina

Realizada em vários estados do Brasil, a oficina “Cinemando”, do cineasta Kennel Rógis começa nesta terça (29), a partir das 19h, no Centro Cultural Adjuto Dias. A capacitação é uma realização do SESC, dentro da programação do Festival de Cinema Curta Caicó.

Kennel Rógis é cineasta, roteirista, diretor de fotografia e produtor cultural. Ele também é idealizador do Festival Curta Coremas (PB), que se consolidou como um dos maiores festivais de cinema do Nordeste.

Além de técnicas de linguagem audiovisual, a oficina “Cinemando” propõe a produção de um curta-metragem, que será lançado no encerramento do Festival de Cinema Curta Caicó, que acontece dia 03/06, antes das premiações das mostras competitivas. O evento é uma realização da Associação Cultural União do Sobrado e organização da Referência Comunicação.

Secretário de desenvolvimento econômico de Caicó também será palestrante na Escola de Jovens Líderes

Revista Deguste
Diego é secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Caicó

Diego é secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Caicó

Especialista em Marketing político no Rio Grande do Norte, o secretário de desenvolvimento econômico de Caicó, Diego Vale, será um dos palestrantes do segundo módulo da Escola de Jovens Líderes.

Circuito Eco Bike Caicó será realizado em junho

Compartilhe Viagens
Sunset Receptivo, um local planejado para os esportistas receberem os kits composto por camiseta, mochila e comenda de participação, na Ilha de Santana.

Sunset Receptivo, um local planejado para os esportistas receberem os kits composto por camiseta, mochila e comenda de participação, na Ilha de Santana.

Circuito Eco Bike Caicó será realizado no dia 11 de junho de 2017 com saída às 6:30 horas da manhã da Ilha de Santana logo após o café da manhã que será iniciado pontualmente às 5:15h da manhã.

As inscrições poderão ser feitas até o dia 03 de maio, no site: circuitoeco.bike. Os organizadores esperam a participação de 350 ciclistas de diferentes cidades do Nordeste. 

O Circuito Eco Bike terá um percurso único de 42 km, com trechos de single track, que irão se dividir entre terreno arenoso, argiloso e rochoso, com relevos entre 100 e 200 metros de altitude, contemplando a vegetação de caatinga, predominante na região, sem esquecer os trechos de estradão, e as belíssimas paisagens do sertão de Caicó.

Informações para entrevista:

Virna Holanda – 84 98814-0544

Álvaro Dias pede providências para retomada de obras da Barragem de Oiticica

Revista Deguste

Diante da situação de completa falta de água na cidade de Caicó e outros municípios da região Seridó, o deputado Álvaro Dias (PMDB) fez apelo para que o Governo do Estado pague a contrapartida necessária para a liberação de recursos. O pagamento permitirá a retomada das obras de construção da Barragem de Oiticica. Segundo o parlamentar o Estado precisa pagar R$ 400 mil para que o Governo Federal libere recursos na ordem de R$ 8 milhões.

“Caicó está sem água. Está vivendo uma situação dificílima. A cidade teve o abastecimento totalmente interrompido por oito dias. Os órgãos fiscalizadores não fizeram o seu trabalho e barragens ilegais foram construídas evitando que a água chegasse ao local de captação. Por isso a urgência para a Barragem de Oiticica”, destacou.51e2fd87-934f-4f6b-8d2c-49ffe180cf45