Allyson quer proibir corte de água e luz durante pandemia do coronavírus

Compartilhe Viagens
Deputado Allyson é do Solidariedade de Mossoró

Deputado Allyson é do Solidariedade de Mossoró

O Deputado Estadual Allyson Bezerra (Solidariedade) protocolou nesta sexta-feira (20), Projeto de Lei que proíbe o corte do fornecimento de água e energia elétrica durante a pandemia do Coronavírus (COVID-19), no Rio Grande do Norte.

De acordo com o PL, as concessionárias de serviços de água e luz, a Companhia de Águas e Esgotos (Caern) e a Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), respectivamente, ficam proibidas de suspender tais serviços enquanto vigorar o decreto de calamidade pública do estado, em razão da pandemia do Coronavírus.

“A empresa concessionária que descumprir a proibição enunciada nesta lei pagará multa de R$ 100.000,00 (cem mil reais), por cada suspensão indevida, convertendo-se os valores da multa em ações a serem tomadas no combate ao coronavírus (COVID-19)”, cita o projeto.

Allyson explica que o objetivo do projeto de lei é resguardar as famílias potiguares que cumprem quarentena em casa em virtude da pandemia do vírus em todo o país. A medida é uma recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Ao invés de comemorar, Kelps pede aos políticos já eleitos uma agenda de trabalho pela recuperação do RN

Revista Deguste
Kelps sugere que políticos eleitos comemorem menos e trabalhem já a partir de agora

Kelps sugere que políticos eleitos comemorem menos e trabalhem já a partir de agora

O deputado estadual reeleito pelo Rio Grande do Norte, Kelps Lima defende que os políticos já eleitos nesta eleição de 2018 comecem a trabalhar agora, antes mesmo de suas posses, nos projetos que pretendem apresentar em seus respectivos mandatos a partir de 2019.

“Eu sei que a euforia da vitória é enorme e muitos deles fizeram esforço pessoal grande para obter suas vitórias eleitorais. Mas, a verdade, é que o RN precisa urgentemente de uma agenda positiva, que foque a melhoria da economia mirando na geração de emprego e renda.”, explica Kelps.

Segundo o deputado, criar um ambiente econômico saudável no Estado requer uma disciplina e rotina que demandam tempo e atenção da classe política.

“Passar 2 e até 3 meses viajando o Estado em festas de comemoração, como Robinson fez quando se elegeu governador, não vai resolver os problemas das pessoas que elegeram os políticos. Se a classe política não trincar os dentes agora e começar a trabalhar, em seis meses após o começo de 2019 muitos eleitos já estarão inviabilizados no futuro de suas carreiras. Inertes e sem referência em seus mandatos. A crise na segurança e na economia vai corroer a confiança que as pessoas estão depositando neles”, teoriza Kelps.

Kelps foi recebido em Japi (RN)

Compartilhe Viagens

WhatsApp Image 2018-08-25 at 13.56.21

O deputado Kelps Lima participou de grande movimentação na noite desta sexta-feira, 24, em Japi (RN), onde foi recebido pelo presidente do Partido Solidariedade, Ítalo, e o pai dele, Edvaldo.

Kelps (candidato a deputado estadual) e o candidato a deputado federal do Solidariedade, Lawrence Amorim, circularam pela cidade em carro aberto e foram muito bem recebidos pela população.

“As pessoas estão com raiva dos políticos. Mas a gente vê que elas já começam a perceber a diferença entre continuar com os mesmos e velhos grupos de sempre ou tentar o novo. Ficar com os mesmos é um naufrágio anunciado”, disse Kelps.

Advogado explica que não há risco de indeferimento na candidatura de Kelps

Revista Deguste

18 agosto

Por um erro de comunicação, entre o sistema da Receita Federal e do TRE, foi informado que o deputado Kelps Lima estaria com uma certidão em falta para registrar sua candidatura a deputado estadual.

O deputado Kelps emitiu nota informando que já está quite com a Justiça Eleitoral e já anexou todos os comprovantes da devida quitação.

“A candidatura deve ser homologada sem qualquer problema.”, explicou o advogado Caio Vitor Barbosa, do Partido Solidariedade.

Kelps foi o único deputado a não se aliar com os governos Robinson e Rosalba

Compartilhe Viagens
Kelps gravando selfie em Mossoró

Kelps gravando selfie em Mossoró

 

O deputado Kelps Lima é o único no Rio Grande do Norte que fez oposição aos dois últimos governos do Estado, Rosalba Ciarline e Robinson Faria.

 

Em 2016, Kelps preferiu não fazer aliança com qualquer grupo tradicional da política. Foi candidato a prefeito de Natal em chapa própria, com a professora Magnólia Figueiredo.

 

Kelps e Magnólia ficaram em segundo lugar na disputa da principal prefeitura do Estado. Só perdeu para a “máquina mortífera” montada em torno do candidato das oligarquias.

 

E teve mais votos que o PSDB e o PT da capital.

 

Em 2018, o deputado Kelps Lima também preferiu não se aliar aos grupos tradicionais. Pretende concorrer para deputado com partido próprio e em chapa própria. Terá candidato a governador de seu próprio partido. E terá candidata ao Senado dentro de seu próprio partido.

 

Sem Alves, nem Maia, nem Rosado, nem Faria.

Com Câmara da Caicó lotada, seridoenses lançam pré-candidatura de Fernando a deputado estadual

Revista Deguste

WhatsApp Image 2018-05-05 at 12.45.55

O Solidariedade reuniu dirigentes, filiados, simpatizantes e convidados na noite de ontem (04), em Caicó, no plenário da Câmara Municipal, para apresentar a pré-candidatura de Fernando Antonio Bezerra ao cargo de deputado estadual.

WhatsApp Image 2018-05-05 at 12.45.54

Prestigiaram a reunião o presidente estadual da legenda, deputado Kelps Lima, a pré-candidata ao Senado, Magnólia Figueiredo, a vereadora de Grossos, Clorisa Linhares, nome do Solidariedade também lembrado como pré-candidata a Governadora, além dos pré-candidatos a deputado federal Artur Dutra, José Pedro e Lawrence Amorim.

WhatsApp Image 2018-05-05 at 12.45.56

Fernando ressaltou que sua contribuição maior será insistir com um debate respeitoso acerca de alguns temas de interesse do Rio Grande do Norte, pautando a pré-campanha pela defesa da educação, do desenvolvimento econômico sustentável e pelas estratégias de convivência com o semiárido. “O projeto não é pessoal. É resultado de uma articulação de um grupo que defende causas comuns, de interesse do Rio Grande do Norte e do Seridó”, disse o pré-candidato.

WhatsApp Image 2018-05-05 at 12.46.10

Lideranças convidadas de outros municípios do Seridó também participaram da reunião que lotou a Câmara de Caicó, dentre os quais, os prefeitos Valdir Medeiros (Jucurutu) e Isaías Cabral (Acari), os vereadores Vinicius Dantas (de São José do Serido), Hutson Barbosa e Itan Lobo (Cruzeta), Jarbas Ribeiro (Serra Negra do Norte), Ari Dantas e Felipe Bezerra (Acari).