Henrique diz que falar mal de Dona Denise Alves foi tão infeliz que o próprio candidato já tirou do ar

Revista Deguste

Na mesma entrevista que concedeu agora de manhã a Alex Viana e a Sêmio Timeni Segundo, Henrique Alves respondeu à pergunta dos jornalistas sobre a tática do marketing de Carlos Eduardo de culpar a esposa de Garibaldi Filho, dona Denise Alves, por irregularidades atribuídas a Carlos, ainda nos anos 90, no Tribunal de Contas da União.

Para Henrique, falar da mulher de Garibaldi foi  tão infeliz que foi uma citação que “só apareceu uma vez e tiraram logo. Pegou tão mal que é melhor cuidar de esquecer e apagar”.

Concordo.

A Coragem de Carlos Eduardo 2

Compartilhe Viagens

Os opositores de Carlos Eduardo podem dizer tudo dele, menos que não tenha coragem.

No primeiro turno, Carlos desafiou o poder de Garibaldi Filho, o senador de 1 milhão de votos, fazendo com que Gari Gari entrasse na campanha com força total a favor de Hermano.

E força total mesmo!!!

Você talvez tenha recebido telefonemas de Garibaldi onde gravações com a voz do senador pediam votos para Hermano. Eu recebi uma no celular e ouvi chegar outra também no telefone da empresa aqui onde trabalho. Garibaldi se empenhou de verdade na campanha de Hermano no primeiro turno.

Agora no segundo turno, Carlos Eduardo dá declarações dando a entender que rejeita o apoio de Rogério Marinho, dizendo que não precisa do voto dele ou dos seus seguidores.

E disse isso logo após o resultado final, nos minutos seguintes em que Rogério e seus seguidores, após meses de batalha intensa, constataram que tinham sido derrotados nas urnas.

Foi como adjetivar os derrotados como párias eleitorais que, derrotados na eleição, não servem mais nem para apoiadores.

Carlos Eduardo tem coragem. É um candidato fortíssimo. É verdade. Ganhou bem no primeiro turno. Com cerca de 70 mil votos de diferença para o segundo colocado. E pode repetir a dose no segundo. É uma vantagem difícil de ser superada.

Maaaaaaaas, não custa nada ter prudência.

Muitas vezes a força dos contrários, aviltados em sua estima, como foi feito com Rogério e seus seguidores, se torna maior do que a força dos pares. Ainda mais que tem gente do lado da coligação dele, de Carlos, dividindo cargos antecipadamente, e loteando espaços, em discursos de vitória antecipada.

O PDT tem que tomar cuidado neste segundo turno para não transformar a mesma força que teve para ganhar a eleição, em revés que poderá derrotá-lo.

Carlos Eduardo tem coragem. Mas a prudência é que vai decidir a eleição.

 

APERTE O LINK E LEIA O PRIMEIRO ARTIGO DO PRIMEIRO TURNO: A CORAGEM DE CARLOS EDUARDO – http://blogdowashington.com.br/a-coragem-de-carlos-eduardo/

Resultado da eleição em Pedro Avelino

Revista Deguste

Em Pedro Avelino, o candidato do PMDB, Sérgio Cadó, apoiado pelo senador Garibaldi Filho (pai), venceu a eleição contra a candidata Neide Sueli Muniz Costa, mulher do ex-deputado estadual José Adécio Costa, atual presidente da Ceasa. O candidato do PT, Luiz Oswaldo, ficou em terceiro lugar.

Sérgio Cadó – 2888 votos

Neide – 2561 votos

Luis Oswaldo – 189 votos

Garibaldi pede votos para Hermano em Felipe Camarão

Compartilhe Viagens

Adão Eridan, João Maia, Hermano e Garibaldi Filho

O candidato a prefeito Hermano Morais participou de carreata pelos bairros de Felipe Camarão, Cidade da Esperança e Bom Pastor na manhã deste domingo.

A seu lado estavam o deputado federal João Maia e o senador Garibaldi Filho. Quem aproveitou também para fazer campanha no mesmo carro da coligação Natal Merece Respeito foi o vereador Adão Eridan, que está fazendo aniversário hoje e tenta a reeleição.

Foto: Assessoria de Imprensa do deputado federal João Maia

 

 

A coragem de Carlos Eduardo

Revista Deguste

Muita coragem a do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves em comprar briga com o primo, ministro Garibaldi Filho, o maior eleitor de Natal e o maior recordista das eleições do Rio Grande do Norte, com mais de 1 milhão de votos.

         As declarações de Carlos ao Jornal de Hoje (@jornaldehoje), fustigando a liderança de Garibaldi, são temerárias pra ele e ótimas para seus concorrentes, principalmente Hermano Morais.

Elas podem dar ao senador um motivo a mais, dos muitos que ele já tem, para ingressar de forma mais acentuada na campanha de Hermano, levando a eleição para o segundo turno.

Carlos Eduardo está bem nas pesquisas. Tem grandes chances de se eleger no primeiro turno e não precisa energizar o adversário como ele fez, criando um clima de competição com o senador e ministro.

Garibaldi, sozinho, teve mais votos na eleição passada do que o eleitorado inteiro de Natal. Aliás, quase o dobro do número de eleitores de Natal. E a campanha na TV chega já por ai. Tem muita gente ainda que não sabe em qual candidato Garibaldi vai votar e vai ter essa informação pela TV.

Carlos Eduardo tem coragem. Muita coragem.