Lei de Kelps evita que políticos condenados em 2ª instância assumam cargos comissionados

Revista Deguste

 

IMG_0268
Políticos condenados em segunda instância se tornam ficha suja e, por isso, não podem mais concorrer em eleições ou assumir cargos públicos eletivos.

Mas, embora não pudessem disputar eleição, o fato de serem fichas sujas não os impedia de serem nomeados para cargos comissionados nos Governos ou Assembleias.

Havia uma brecha na lei. Enquanto proibia que o político condenado disputasse eleição, a legislação permitia que um parente ou um apadrinhado dele, se eleito, o nomeasse para um cargo comissionado na máquina pública, mesmo sendo ficha suja.
A nova Lei de Kelps aprovada no final de 2019, criando critérios técnicos para cargos comissionados, estabeleceu que pessoas com ficha suja não podem assumir cargos. Minando esse “jeitinho” brasileiro criado pelos políticos.

“Com a exigência de critérios técnicos para cargos comissionados, os políticos fichas sujas não podem mais ser nomeados pelos parentes que eles utilizam como substitutos de seus antigos mandatos”, comemora Kelps.

Após 6 anos de insistência, Kelps consegue aprovar lei exigindo critérios para cargos comissionados

Compartilhe Viagens
Kelps nunca nomeou parentes para emprego na política

Kelps combate hábitos da política antiga (foto: Canindé Soares)

A Lei de Kelps que exige o cumprimento de critérios técnicos para nomeação de cargos comissionados no RN foi aprovada pela Assembleia Legislativa na terça-feira, 17 de dezembro 2019.

O projeto estava há 6 anos na Assembleia Legislativa sem ser pautado na para votação. Por isso sua aprovação se tornou o coroamento de um esforço que vinha sendo feito há mais de meia década.

Finalmente, o projeto chegou ao plenário dentro de um pacote junto com outras 72 leis  que foram colocados para apreciação dos deputados.

Sendo um dos últimos a ser votado, conseguiu aprovação unânime no plenário.

“Uma vitória histórica para a sociedade”, comemora Kelps.

Agora, nenhum Governador poderá nomear pessoas sem qualificação adequada para ocupar cargos comissionados em setores importantes do Governo. “Mais um passo na qualificação da máquina pública estadual”.

Kelps x Álvaro

Revista Deguste

 

Kelps x Álvaro

Kelps x Álvaro

O segundo turno em Natal em 2020 pode se tornar um confronto histórico entre dois modelos de fazer política no RN.

Um lado emprega parentes e faz parte das oligarquias tradicionais, o outro não.

Um usa festas para iludir a população, enquanto outro quer gestão moderna na área de saúde e educação para mudar a vida das pessoas.

De um lado estará o prefeito Álvaro Dias, centroavante da antiga escola de políticos que construiu o Estado que hoje conhecemos.

Filho de deputado, Álvaro foi presidente da Assembleia Legislativa, Deputado Federal, candidato a vice-governador, vice-prefeito e manteve a vida pública como todos os políticos antigos, utilizando a rotina da máquina como agenda permanente de campanha. Hoje é prefeito e, caso se reeleja, terá a seu lado os mesmos grupos que sempre comandaram o Estado.

Do outro lado estará Kelps, formulador moderno que construiu a carreira de três mandatos de deputado estadual tendo uma agenda independente e sem medo de subjugar as cartas marcadas pela falta de alternância de poder. Graças a ele, a juventude pode sonhar com chances de disputar eleições. Kelps nunca indicou nenhum parente para cargo comissionado ou para ser candidato, nem aderiu a Governo após às eleições.

Ao invés de eleger parentes, Kelps criou duas escolas para formar candidatos longe dos políticos tradicionais. Uma delas, a Escola de Jovens Líderes, ajudou a eleger o deputado mais jovem do RN, Alysson Bezerra.

Kelps deixa a presidência estadual do Solidariedade e o comando passa para Lawrence Amorim

Compartilhe Viagens
Kelps e Lawrence no evento do Hotel Holiday Inn em 14 de dezembro

Kelps e Lawrence no evento do Hotel Holiday Inn em 14 de dezembro

Depois de 6 anos como fundador e presidente do Partido Solidariedade do Rio Grande do Norte, Kelps se despediu neste sábado, 14 de dezembro, do comando da legenda e passou a função para o ex-prefeito de Almino Almino Afonso (RN) e suplente de deputado federal Lawrence Amorim.

A cerimônia de transmissão de cargo aconteceu formalmente no evento gigante que o Solidariedade realizou no hotel Holiday Inn, em Lagoa Nova, Natal.

Lawrence foi prefeito duas vezes antes de completar 30 anos e saiu muito bem avaliado

Lawrence foi prefeito duas vezes antes de completar 30 anos e saiu muito bem avaliado

Lawrence tem 35 anos, é formado em direito, empresário, foi prefeito duas vezes de sua cidade antes mesmo de completar os 30 anos e fez o sucessor quando saiu da prefeitura.

Em 2018, ele foi candidato a deputado federal pelo Partido Solidariedade e ficou em segundo lugar em sua coligação, atrás apenas do General Girão. Hoje, Lawrence tem domicílio eleitoral em Mossoró e é pré-candidato na cidade.

Ex-técnico da seleção é pré-candidato a vereador de Caicó pelo Solidariedade

Revista Deguste
Kelps e Andrey Valério em foto feita em São João do Sabugi

Kelps e Andrey Valério em foto feita em São João do Sabugi

O professor de educação física Andrey Valério, ex-técnico da seleção brasileira de futebol de areia (beach soccer – 2001 a 2003), é um dos nomes do Solidariedade para disputar uma cadeira no legislativo caicoense.

Andrey é formado em Educação Física pela UFRN, com pós graduação em Treinamento Desportivo (Unig-RJ) e Gestão e Marketing Esportivo (FGV-RJ), servidor da Secretaria estadual da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer.

O caicoense já participou de diversos eventos do Solidariedade e já discute com o partido a importância de políticas públicas de esporte, saúde e lazer, que devem pautar sua ação no legislativo.

Solidariedade fez o maior evento popular da política de Natal em 2019

Compartilhe Viagens
Kelps deixou a presidência do Solidariedade para se dedicar à pré-candidatura a prefeito de Natal

Kelps deixou a presidência do Solidariedade para se dedicar à pré-candidatura a prefeito de Natal

Fotos: Canindé Soares

O partido Solidariedade fez um dos maiores eventos da política do Rio Grande do Norte neste ano de 2019 na tarde deste sábado, 14 de dezembro, no Hotel Holiday Inn, na Avenida Salgado Filho, ao lado do Arena das Dunas, em Lagoa Nova.

A cerimônia confirmou a pré-candidatura de Kelps a prefeito de Natal e simbolizou a passagem de comando estadual do Partido Solidariedade no Rio Grande do Norte, que agora passa a ser liderado pelo empresário e ex-prefeito de Almino Afonso, Lawerence Amorim, pré-candidato em Mossoró.

Salão de eventos do Holiday Inn ficou lotado

Salão de eventos do Holiday Inn ficou lotado

Cerca de 44 pré-candidatos a vereador em Natal pelo Solidariedade aproveitaram o encontro regional para lançar oficializar suas pré-candidaturas, transformando a cerimônia em uma animada festa.

O secretário nacional do Solidariedade, Luiz Adriano, veio de São Paulo, ratificar a pré-candidatura de Kelps a prefeito, enquanto várias lideranças municipais e estaduais confirmaram apoio a Kelps.

Estavam presentes os deputados Allyson Bezerra e Cristiane Dantas, o ex-governador do Estado Fábio Dantas.

Kelps fundou o Solidariedade em 2013 e passou os últimos 06 anos organizando a equação de funcionamento da legenda, que se tornou uma máquina altamente competitiva, capaz eleger candidatos com baixo custo e longe dos grupos antiquados das oligarquias e de extremistas radicais.

Salismar é o nome do Solidariedade em Pau dos Ferros

Revista Deguste
Allyson (à esquerda) e Kelps (à direita), já disseram: Salismar (centro) é o nome do Solidariedade em Pau dos Ferros

Allyson (à esquerda) e Kelps (à direita), já disseram: Salismar (centro) é o nome do Solidariedade em Pau dos Ferros

O Partido Solidariedade do Rio Grande do Norte realizou Encontro Regional nesta sexta-feira, 15 de novembro, em Pau dos Ferros (RN).

Encontro aconteceu no feriado de 15 de novembro, na Câmara Municipal

Encontro aconteceu no feriado de 15 de novembro, na Câmara Municipal

Na ocasião, o nome do médico cardiologista Salismar Correia foi confirmado como pré-candidato a prefeito do município.

Dois deputados estavam presentes ao evento, Kelps e Allyson, chancelando a indicação de Salismar.

Confirmando uma programação iniciada há alguns anos, o Solidariedade vai construindo o projeto de ter, em 2020, candidatos a prefeito em cidades pólos do RN.

Antes de Salismar, o nome do engenheiro civil Allyson Bezerra já havia sido indicado como pré-candidato a prefeito de Mossoró, no dia 1 de dezembro.

Abaixo-assinado digital para impedir fichas sujas em cargos comissionados do Governo continua no RN

Compartilhe Viagens
Turma de Umarizal se reuniu para baixar o Mudamos e assinar a lista para a lei que proíbe cargo comissionado com ficha suja

Turma de Umarizal se reuniu para baixar o Mudamos e assinar a lista para a lei que proíbe cargo comissionado com ficha suja

Neste momento, cidadãos do Rio Grande do Norte estão participando do abaixo-assinado digital para criar a 1ª Lei de Iniciativa Popular que proíbe os governadores de indicar cargos comissionados que sejam ficha suja.

O projeto de iniciativa popular digital foi lançado pela OAB e pelo Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO), e interessa à toda a sociedade norte-rio-grandense que quer evitar a repetição da ocupação da máquina pública por quem tem algum tipo de negativação judicial.

O número de assinaturas já ultrapassou as 1000. Em Umarizal, uma turma de amigos se reuniu e baixou o aplicativo Mudamos nos seus celulares para votar no projeto.

Assista a este tutorial sobre como participar do abaixo assinado digital – https://www.youtube.com/watch?v=gNLqS_FP_jw

 

Em Brasília, Kelps faz palestra sobre como baratear campanhas eleitorais

Revista Deguste
Kelps explica pré-candidatos do Brasil inteiro a como concorrer nas eleições mesmo tendo poucos recursos

Kelps explica pré-candidatos do Brasil inteiro a como concorrer nas eleições mesmo tendo poucos recursos

Kelps foi palestrante na manhã de sábado, 19 de outubro, do segundo módulo do curso PoliticAção, criado pelo Partido Solidariedade para ensinar seus filiados a fazer campanhas modernas e de baixo custo.

Mestre em Políticas Públicas e fundador do partido que mais cresce de forma orgânica no Rio Grande do Norte, Kelps mostrou detalhes de como funciona a micro agenda e macro agenda de uma campanha eleitoral no complexo ambiente eleitoral brasileiro.

A plateia era formada por 130 pré-candidatos de 18 estados diferentes do Norte, Nordeste e Centro Oeste brasileiros. Depois da palestra em Brasília, Kelps embarcou para São Paulo, onde é palestrante e monitor das turmas do Lidera +, a Escola de Formação de Mulheres do Partido Solidariedade com foco nas disputas eleitorais de 2020.