Coordenadores do Partido Solidariedade de SP do Potengi, Caicó e Encanto defendem candidatura própria ao Senado

Revista Deguste

Sem título-1 (2)

O Partido Solidariedade possui coordenadores em várias regiões do Rio Grande do Norte. Gente nova, que começou a fazer política há pouco e não tem vínculo com os grandes grupos tradicionais. Alguns desses coordenadores estarão no Encontro Regional de Mossoró que a legenda fará no próximo sábado, 10 de junho, tendo como cicerone o ex-vereador mossoroense Soldado Jadson, presidente local do partido.

Uma das pautas do Encontro é discutir a viabilidade do Solidariedade ter candidato próprio ao Senado Federal, apresentando ao Estado uma opção de voto que não seja alguém dos mesmos grupos tradicionais, que há 30 anos controlam o poder no Estado e colaboraram para o RN chegar à situação lastimável que se encontra hoje.
Os coordenadores Diego Vale (atual secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Caicó), o vereador Diogo Alves (de São Paulo do Potengi), e a psicóloga Lídia Guedes, (ex-candidata a vice-prefeita representando os jovens da cidade de Encanto, na região Oeste), defendem um nome próprio do Solidariedade para disputar contra Garibaldi e José Agripino as vagas no Senado.

“Estamos firmes na ideia de que o RN precisa mudar. Ou muda ou continuaremos vivendo esse sofrimento que estamos passando hoje: hospitais ruins, segurança batendo recordes negativos e educação sem o estímulo necessário. Para mudar em um ambiente político tão desfavorável, é preciso coragem. Ter candidatos próprios na eleição de 2018 é um ato de coragem do partido”, contextualiza o deputado Kelps Lima, presidente estadual do Solidariedade.

Kelps preside encontro do Solidariedade sábado em Caraúbas (RN)

Compartilhe Viagens
Kelps quer ver os jovens da região Oeste sendo candidatos deputado nas próximas eleições

Kelps quer ver os jovens da região Oeste sendo candidatos deputado nas próximas eleições

         O partido Solidariedade do Rio Grande do Norte vai reunir suas lideranças da região Oeste no próximo sábado, 27 de maio, na cidade de Caraúbas. O encontro será presidido pelo deputado estadual Kelps Lima.
         O local será a Câmara Municipal de Caraúbas, às 15h. Um dos temas será a montagem de uma chapa própria, com candidatos da região Oeste potiguar para disputarem vagas na Assembleia Legislativa e iniciar, na prática, as mudanças que a política está exigindo neste momento turbulento pelo qual passa o Brasil.
         “Vamos passar para nossos filiados que nossa preocupação não é somente disputar eleição de qualquer jeito. Não dá! Não queremos ganhar por ganhar. Não vamos colocar nossos futuros candidatos do partido para cair em armadilhas que acabam transformando boas pessoas em presas para episódios de corrupção e escândalos. Queremos estimular um ambiente de eficiência na máquina pública, com gente preparada para ganhar a eleição sabendo o que vai fazer com seu mandato”, disse o deputado Kelps.
(Foto em anexo de Canindé Soares)

Prefeito de Jucurutu, Valdir Medeiros, veste a camisa do Solidariedade pela primeira vez

Revista Deguste

Da esquerda para a direita: João Paulo, Kelps e Valdir

Da esquerda para a direita: João Paulo, Kelps e Valdir

O prefeito Valdir Medeiros, que ganhou notabilidade estadual como “O Liso”, por ser um motorista de ambulância que ganhou a eleição para prefeito de Jucurutu (RN) enfrentando grupos políticos de grande poder eleitoral e econômico em sua cidade, vai se filiar ao Solidariedade neste sábado, 25, e nesta sexta-feira, 24, participou de uma reunião estadual do partido na cidade de Assú.

Ao lado do deputado Kelps Lima e do vereador João Paulo, na Câmara Municipal de Assú, Valdir ouviu as estratégias da legenda para influir no Rio Grande do Norte nas mudanças administrativas que o momento histórico está impondo ao Brasil.

Partido Solidariedade no RN reuniu eleitos para definir estratégias e qualificar mandatos

Compartilhe Viagens

O partido Solidariedade reuniu parte dos seus 81 eleitos para Câmaras, Prefeituras, e

Reunião aconteceu no Praia Mar Hotel em Ponta Negra

Reunião aconteceu no Praia Mar Hotel em Ponta Negra

Vice-Prefeituras no Rio Grande do Norte para orientar como devem agir em seus futuros mandatos de forma que suas ações no Poder Público tenham a qualidade que a opinião pública espera da nova geração de políticos que está ascendendo.

“Queremos que nossos vereadores, prefeitos e vice-prefeitos cheguem aos seus mandatos no próximo dia 1o de janeiro sabendo o que devem fazer e como fazer. O Brasil precisa cada vez mais de uma classe política qualificada e não há mais espaço para mandatos de improviso”, disse o presidente estadual do Solidariedade, Kelps Lima, que é advogado, pós-graduado em gestão pública e mestrando em Políticas Públicas pela UFRN.

Partido Solidariedade quer chegar a 1 milhão de filiados no Brasil.

Revista Deguste

O Partido Solidariedade no Brasil estabeleceu a meta de chegar a 1 milhão de filiados até o ano de 2026. O anúncio da meta foi divulgado em recente reunião da direção nacional ocorrida em São Paulo.

No Rio Grande do Norte, o Solidariedade tem atualmente 4mil e 400 filiados e na sua primeira eleição municipal disputada no último dia 2 de outubro de 2016 elegeu 72 vereadores, 5 vice-prefeitos e 2 prefeitos.

Para as próximas eleições, em 2018, a meta do partido é eleger 1 deputado federal e três deputados estaduais._mg_1400