Kelps x Álvaro

Revista Deguste

 

Kelps x Álvaro

Kelps x Álvaro

O segundo turno em Natal em 2020 pode se tornar um confronto histórico entre dois modelos de fazer política no RN.

Um lado emprega parentes e faz parte das oligarquias tradicionais, o outro não.

Um usa festas para iludir a população, enquanto outro quer gestão moderna na área de saúde e educação para mudar a vida das pessoas.

De um lado estará o prefeito Álvaro Dias, centroavante da antiga escola de políticos que construiu o Estado que hoje conhecemos.

Filho de deputado, Álvaro foi presidente da Assembleia Legislativa, Deputado Federal, candidato a vice-governador, vice-prefeito e manteve a vida pública como todos os políticos antigos, utilizando a rotina da máquina como agenda permanente de campanha. Hoje é prefeito e, caso se reeleja, terá a seu lado os mesmos grupos que sempre comandaram o Estado.

Do outro lado estará Kelps, formulador moderno que construiu a carreira de três mandatos de deputado estadual tendo uma agenda independente e sem medo de subjugar as cartas marcadas pela falta de alternância de poder. Graças a ele, a juventude pode sonhar com chances de disputar eleições. Kelps nunca indicou nenhum parente para cargo comissionado ou para ser candidato, nem aderiu a Governo após às eleições.

Ao invés de eleger parentes, Kelps criou duas escolas para formar candidatos longe dos políticos tradicionais. Uma delas, a Escola de Jovens Líderes, ajudou a eleger o deputado mais jovem do RN, Alysson Bezerra.