Pré-candidata a deputada pelo Solidariedade defende maior participação das mulheres na política

Revista Deguste
Priscila Müller é pré-candidata a deputada estadual pelo Solidariedade

Priscila Müller é pré-candidata a deputada estadual pelo Solidariedade

A empresária Priscila Müller, pré-candidata do partido Solidariedade a deputada estadual, participou do lançamento do novo jornal Correio Potiguar, na região do Potengi, e defendeu maior participação das mulheres na política e o combate da sistematização dos valores sociais que ainda limitam a presença feminina nos setores chaves da política potiguar.

Priscila utilizou a disposição da mesa da própria cerimônia que participava para fazer o link com o seu discurso. Havia apenas quatro mulheres entre muitos homens entre os convidados e autoridades destacadas na ocasião.

“Temos uma bancada federal majoritariamente masculina e um plenário na Assembleia Legislativa repleto de homens e com ínfima representação feminina. Cabe a nós, mulheres, construir os fundamentos da paridade política e impor nossas pautas de interesses sociais”, defende Priscila.

Priscila Müller constrói pré-candidatura de deputada estadual no Solidariedade

Compartilhe Viagens
Felipe Muller, o pai, e Priscila Muller: pré-candidatura à deputada estadual no RN

Felipe Müller, o pai, e Priscila Müller: pré-candidatura à deputada estadual no RN

A empresária Priscila Müller, da Águia Piscinas, está construindo sua pré-candidatura a deputada estadual no partido Solidariedade, a partir da excelente base política que possui na região Central do RN.

Filha do ex-prefeito Felipe Müller e irmã do atual prefeito Felipinho, de Caiçara do Rio Do Vento, Priscila concorda com o foco do partido sobre a necessidade de melhorar o desempenho da máquina pública para destravar a economia do Estado.

“Desde a fundação do partido nós estamos investindo na construção de uma mesma pauta: abrir caminho para uma geração de novos políticos, gente que esteja atualizada com o mundo novo que desponta mas que ainda não vinga no RN por causa da antiquada elite política que possuímos”, diz o presidente estadual do Solidariedade, deputado Kelps Lima.