Ruim, boa ou mais ou menos…

Pouca coisa é tão importante neste momento na vida de todos nós do que preparar o futuro dentro da perspectiva de que o Brasil está envelhecendo.

Você já sabe como vai ganhar dinheiro quando tiver 65 anos?

Somos um País cuja população está envelhecendo. Em pouco tempo teremos pouco jovens e muitos idosos.

É preciso preparar a população para isso.

Discutir a previdência foi a melhor coisa que aconteceu nos últimos tempos.

Gente que antes sequer pensava na velhice, começou a participar do debate com afinco. E a se preocupar com o que virá pela frente.

Isso é ótimo. Quanto mais gente preocupada e agindo para salvar o próprio futuro, mais futuro tem o Brasil.

No final, ruim, boa ou mais ou menos, o que mais importa é que a Reforma da Previdência levou um exército de pessoas que não se preocupava com o futuro a discutir as coisas sérias da vida.

A pior coisa a fazer, neste momento, é continuar no ritmo do “deixa a vida me levar, vida leva eu”.

Pode até ser bom no samba, mas, na vida real, deixar a vida lhe levar é a pior coisa a fazer neste momento.

Ruim, boa ou mais ou mais…a reforma passou.

 

Kelps aconselha Fátima a começar o debate da Previdência do RN

Compartilhe Viagens
Kelps pede que Fátima começa a modernizar a previdência antes que seja tarde (Foto Assembleia RN)

Kelps pede que Fátima comece a modernizar a previdência antes que seja tarde (Foto Assembleia RN)

Kelps fez um apelo à governadora Fátima Bezerra (PT), na sessão desta quarta-feira (03), na Assembleia Legislativa para que o Governo se preocupe em criar formas de diminuir o rombo herdado da gestão passada na Previdência, da ordem de R$ 130 milhões por mês.

“Vou fazer um apelo para que a governadora abra uma discussão sobre a Previdência estadual”, disse Kelps, ressaltando que radicais que estão no entorno da governadora impedem o debate.

“Fátima é uma vitoriosa, é uma sobrevivente, trabalhadora, astuta”, disse Kelps, alertando que ela não pode destruir essa imagem por causa de radicalismos.

Segundo Kelps, sua preocupação se dá pelo fato do Governo não ter encaminhado à Assembleia Legislativa, até agora, nenhuma mensagem tratando da redução do déficit na Previdência. Ele se mostrou preocupado com o fato do Rio Grande do Norte ter ficado de fora da reforma.

Kelps volta a cobrar posicionamento do Estado sobre a Previdência

Revista Deguste
Kelps diz que o Governo do Estado não toca no tema da previdência

Kelps diz que o Governo do Estado não toca no tema da previdência

Kelps voltou a cobrar do Governo do Estado um posicionamento sobre a Reforma da Previdência. A fala foi feita no plenário da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (13). Com a retirada dos estados e municípios da proposta que tramita no Congresso Nacional, ele diz que o executivo estadual ficou ainda mais atrasado em relação ao debate do tema.

“O Governo acreditava que a Reforma passaria com os estados e municípios e que não precisaria se manifestar sobre o assunto. Mas com a retirada, o Governo vai ter que fazer o que estava evitando: tratar da Previdência local. O Governo precisa dizer como vai resolver o rombo fiscal de R$ 130 milhões mensais do Estado sem discutir a Previdência”, disse o parlamentar.

Protestos em Brasília! Você chamaria o Exército ou deixava queimar tudo?

Compartilhe Viagens

Foto da Folha da Agência Brasil publicada no site do Yahoo Notícias, mostra os infiltrados tentando destruir a capital federal. No lugar de destruir tudo, o melhor é votar certo no ano que vem.

Foto de Marcelo Camargo/Agência Brasil

Foto de Marcelo Camargo/Agência Brasil