Juiz que prendeu Sérgio Cabral e Eike Batista pede escolta e carro blindado

Compartilhe Viagens

Responsável pela prisão do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) e de Eike Batista, o juiz federal Marcelo da Costa Bretas precisou pedir à Justiça escolta e carro blindado. A solicitação foi feita ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região em decorrência de “situações suspeitas”, disse uma fonte.

Na sexta-feira, o titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, responsável pelos desdobramento da Lava Jato no Estado, tornou réus na Operação Eficiência Eike Batista e o ex-governador do Rio por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Bretas aceitou denúncia do Ministério Público Federal apresentada no mesmo dia.

Fonte: Estado de São Paulo

A Crise foi construída, não chegou por acaso!

Revista Deguste

É preciso lembrar sempre que a tal crise que a gente vive hoje foi construída, tijolo por tijolo, erro por erro, negligência por negligência, por gestores incompetentes e mal orientados.

A tal crise não foi obra do “Divino Espírito Santo”, que, de repente, sem que ninguém percebesse, apertou um botão e ligou a tragédia econômica destes tempos.

Não.

O que está acontecendo no Rio de Janeiro é uma das explicações de como a crise chegou até o colo das pessoas: acharam que o dinheiro do Petróleo era para sempre. E não era.

E dois ex-governadores do Estado, que por longos anos assinaram políticas públicas que definiram a qualidade de vida de milhares de pessoas, foram presos esta semana. Duas autoridades que controlaram todo o dinheiro do Rio de Janeiro por longos mandatos.

O Rio de Janeiro é um exemplo de como a crise não é um acaso. Ela foi construída.

(Foto de hoje da Folha de São Paulo mostra o ex-governador Sérgio Cabral preso por suspeita de desvio de dinheiro público).16322236