Kelps diz que pré-candidatura de Soneth tem chances reais de realizar o sonho de Apodi ter um deputada estadual da terra

Compartilhe Viagens
Vereadora Soneth, o pai dela, Neto Ferreira, e o deputado Kelps constroem projeto para eleger deputado de Apodi

Vereadora Soneth, o pai dela, Neto Ferreira, e o deputado Kelps constroem projeto para eleger deputado de Apodi

O deputado Kelps Lima fez discurso em Apodi neste sábado, 14 de abril, e disse que a cidade finalmente possui um projeto lúcido, sólido e com chances de êxito para ter um deputado apodiense na Assembleia Legislativa.

WhatsApp Image 2018-04-15 at 09.46.06“Soneth é pré-candidata do Solidariedade de Apodi para deputado estadual e pode, sim, ganhar a eleição”, disse Kelps, no evento que reuniu dezenas de pessoas na Casa da Cultura.

“Eu tenho uma gratidão enorme pela cidade de Apodi. Ela foi muito representativa para as minhas duas ascensões ao parlamento. Chegou a hora de devolver o bem que Apodi me fez. E esse bem pode se materializar levando Soneth ao Parlamento estadual”.

“Soneth agora tem um partido, um projeto bem definido, uma chapa própria e não corre o risco de ser esteira nem acessório de oligarquias. Nenhum Alves ou Maia vai chegar aqui em cima da hora e dizer que ela não poderá ser candidata. Nada disso. O sucesso do projeto dela só depende do nosso esforço e da própria cidade”, sentenciou o presidente estadual do Solidariedade, Kelps Lima.

Pré-candidata a deputada federal do Solidariedade cansou das oligarquias

Revista Deguste
Miria Chaves é pré-candidata do Solidariedade em Pau dos Ferros

Miria Chaves é pré-candidata do Solidariedade em Pau dos Ferros

Filha de agricultor e de servidora pública da cidade de Água Nova, a estudante de administração pública Miria Chaves deu entrevista na Rádio Cidadania FM 104,9, em Alexandria (RN), e defendeu a substituição das oligarquias para que a máquina pública do Rio Grande do Norte saia da UTI e volte a respirar por conta própria.

“Ou a gente muda a forma de fazer política no nosso Estado, trocando os personagens, ou daqui a quatro anos continuaremos na mesma situação: os pobres cada vez mais pobres, os ricos cada vez mais ricos e, pior, todos eles, ricos e pobres, sofrendo com a insegurança, estradas esburacas e a frustração de ter o Estado administrado por gestores incompetentes cujo único atributo é ter nascido em família A ou B”, desaba a pré-candidata.

Miria recebeu a chancela da direção estadual do Solidariedade para construir sua pré-candidatura na região Oeste e levar o discurso do partido a um público que ainda não conhece as novas opções da política potiguar.

“Não é porque eu não carrego o sobrenome das oligarquias que eu não me sinto capaz. Eu posso, sim, enfrentar o quadro de disputas.”, disse Miria.

Seridó ganha espaço no projeto do Solidariedade

Compartilhe Viagens
Kelps, Fernando e Magnólia juntos em 2018

Kelps, Fernando e Magnólia juntos em 2018

Filiado ao Solidariedade, o advogado Fernando Antônio Bezerra já participa da agenda de encontros regionais do partido, ao lado de Kelps Lima, pré-candidato ao Governo, e Magnólia Figueiredo, pré-candidata ao Senado.

Fernandinho é pré-candidato a deputado estadual e mais um nome disposto a representar o Seridó na Assembleia. “Ficamos felizes por ele ter aceitado o convite. É um dos nomes mais preparados para o legislativo”, destaca Diego Vale, coordenador do Solidariedade Seridó.

10 pré-candidatos a deputado foram a Jucurutu para o Encontro Regional do Solidariedade

Revista Deguste

29342759_2924267364379177_4203665246293852160_o

Pelo menos 10 pré-candidatos a deputado federal e deputado estadual participaram do Encontro do Partido Solidariedade na manhã deste domingo, 18 de março, em Jucurutu.

Entre os estaduais estavam Maciel Jornalista, Júnior Lau, Alysson Bezerra, Cacá de Jaçanã, o Subtenente Eliabe e Dona Cacilda.

Entre os federais, Pastor Sandoval, Jackson Bezerra, Lawrence Amorim e o Gari José Pedro.

Engenheiro Brenno Queiroga elabora plano de Governo do Solidariedade para a disputa do Governo em 2018

Compartilhe Viagens
Kelps, a pré-candidata ao Senado Magnólia Figueiredo e o engenheiro Brenno Queiroga

Kelps, a pré-candidata ao Senado Magnólia Figueiredo e o engenheiro Brenno Queiroga

O engenheiro e ex-prefeito do município de Olho D’água do Borges, Brenno Queiroga, vai coordenar a elaboração do plano de governo do partido Solidariedade do Rio Grande do Norte visando às eleições de 2018, quando a agremiação pretende lançar um candidato a governador.

A decisão foi da executiva estadual do partido Solidariedade, na reunião do dia 20 de outubro, em Natal.

“Brenno Queiroga é um quadro técnico-político excelente porque alia a solidez teórica de estudioso à experiência da governança que é indispensável no momento atual que o Rio Grande do Norte atravessa”, explica a pré-candidata do Solidariedade ao Senado da República, Magnólia Figueiredo, que avalizou a decisão do partido.

“Nosso programa de Governo deve ter dois pilares: sinceridade ao falar com a população e fuga intransigente das falsas promessas”, diz o deputado Kelps, presidente do Solidariedade.

“Precisamos dizer à sociedade qual é o problema real do Estado hoje e mostrar o que será atacado primeiro em um mandato de quatro anos. Uma das nossas decisões é não prometer obras que não possam ser cumpridas. Essas promessas a gente deixa para os grupos eleitorais que mentem por tradição histórica”, reforça Magnólia Figueiredo.

Executiva estadual do Solidariedade decide que terá, SIM, candidato a governador em 2018

Revista Deguste
Magnólia Figueiredo defendeu o nome de Brenno Queiroga na Executiva Estadual

Magnólia Figueiredo defendeu o nome de Brenno Queiroga na Executiva Estadual

Cerca de 50 membros da Executiva do partido Solidariedade RN estiveram reunidos na tarde de sexta-feira, 20 de outubro, na AABB, em Natal, e confirmaram que diante da estrutura partidária já existente, a agremiação já possui alicerce para ter candidato próprio a governador do Estado em 2018.
A pré-candidata ao Senado da República, Magnólia Figueiredo, defendeu o nome do ex-prefeito de Olho D’água do Borges, Brenno Queiroga, como responsável pela redação do projeto de Governo que o partido vai apresentar à sociedade em 2018.
Quatro itens foram definidos como pontos bases do partido:
1 – O Solidariedade não vai se coligar com as estruturas tradicionais da política do Estado;
2 – O Solidariedade terá candidatura própria em 2018 a governador;
3 – Brenno Queiroga vai elaborar o projeto de Governo do Partido para ser apresentado em 2018;
4 – O Solidariedade repudia a não inclusão do nome de Magnólia Figueiredo pelos institutos de pesquisa, como candidata ao Senado Federal.

Fúlvio assume como vereador quarta-feira, em Natal

Compartilhe Viagens
Fúlvio é o primeiro suplente do Solidariedade em Natal.

Fúlvio é o primeiro suplente do Solidariedade em Natal.

Na próxima quarta-feira(6), às 13h, o  vereador Fúlvio Saulo Mafaldo ( SD) toma posse na Câmara Municipal de Natal, assumindo temporariamente a vaga do vereador Klaus Araújo.  Fúlvio é o primeiro suplente do partido Solidariedade que atualmente tem três representantes na casa.

Pré-candidata a deputada pelo Solidariedade defende maior participação das mulheres na política

Revista Deguste
Priscila Müller é pré-candidata a deputada estadual pelo Solidariedade

Priscila Müller é pré-candidata a deputada estadual pelo Solidariedade

A empresária Priscila Müller, pré-candidata do partido Solidariedade a deputada estadual, participou do lançamento do novo jornal Correio Potiguar, na região do Potengi, e defendeu maior participação das mulheres na política e o combate da sistematização dos valores sociais que ainda limitam a presença feminina nos setores chaves da política potiguar.

Priscila utilizou a disposição da mesa da própria cerimônia que participava para fazer o link com o seu discurso. Havia apenas quatro mulheres entre muitos homens entre os convidados e autoridades destacadas na ocasião.

“Temos uma bancada federal majoritariamente masculina e um plenário na Assembleia Legislativa repleto de homens e com ínfima representação feminina. Cabe a nós, mulheres, construir os fundamentos da paridade política e impor nossas pautas de interesses sociais”, defende Priscila.

Klaus confirma à Anna Ruth a pré-candidatura de Magnólia ao Senado

Compartilhe Viagens
Magnólia foi elogiada por Klaus na entrevista à Anna Ruth Dantas

Magnólia foi elogiada por Klaus na entrevista à Anna Ruth Dantas

O vereador Klaus Araújo foi entrevistado hoje pela jornalista Anna Ruth Dantas na #94FMdeNatal e foi mais uma liderança do partido Solidariedade a externar apoio à pré-candidatura de #MagnóliaFigueiredo ao Senado da República pelo Rio Grande do Norte.

Magnólia é formada em educação física, pós graduada em gestão e consultora de várias empresas nacionais que promovem concursos públicos em estados brasileiros.

Coordenadores do Partido Solidariedade de SP do Potengi, Caicó e Encanto defendem candidatura própria ao Senado

Revista Deguste

Sem título-1 (2)

O Partido Solidariedade possui coordenadores em várias regiões do Rio Grande do Norte. Gente nova, que começou a fazer política há pouco e não tem vínculo com os grandes grupos tradicionais. Alguns desses coordenadores estarão no Encontro Regional de Mossoró que a legenda fará no próximo sábado, 10 de junho, tendo como cicerone o ex-vereador mossoroense Soldado Jadson, presidente local do partido.

Uma das pautas do Encontro é discutir a viabilidade do Solidariedade ter candidato próprio ao Senado Federal, apresentando ao Estado uma opção de voto que não seja alguém dos mesmos grupos tradicionais, que há 30 anos controlam o poder no Estado e colaboraram para o RN chegar à situação lastimável que se encontra hoje.
Os coordenadores Diego Vale (atual secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Caicó), o vereador Diogo Alves (de São Paulo do Potengi), e a psicóloga Lídia Guedes, (ex-candidata a vice-prefeita representando os jovens da cidade de Encanto, na região Oeste), defendem um nome próprio do Solidariedade para disputar contra Garibaldi e José Agripino as vagas no Senado.

“Estamos firmes na ideia de que o RN precisa mudar. Ou muda ou continuaremos vivendo esse sofrimento que estamos passando hoje: hospitais ruins, segurança batendo recordes negativos e educação sem o estímulo necessário. Para mudar em um ambiente político tão desfavorável, é preciso coragem. Ter candidatos próprios na eleição de 2018 é um ato de coragem do partido”, contextualiza o deputado Kelps Lima, presidente estadual do Solidariedade.