UFC demite quase 20. Dois são brasileiros

O começo do ano de 2017 não trouxe boas notícias para alguns dos atletas que competiam pelo Ultimate. A organização optou por não contar mais com 19 lutadores de seu plantel, e entre os nomes que deixam a organização estão os de dois brasileiros. Em informação divulgada em primeira mão pelo Twitter ‘UFCFIGHTERSiNFO’, que analisou os cortes dos perfis dos atletas no site oficial do show, Ricardo ‘Demente’ e Felipe Olivieri  não fazem mais parte dos planos da companhia.

Veja a notícia completa com fotos e a lista dos nomes no site do Yahoo – https://esportes.yahoo.com/noticias/fac%C3%A3o-ufc-dois-brasileiros-s%C3%A3o-090022688.html

 

Vitor Belfort cai duas vezes e sofre nocaute em Fortaleza

Compartilhe Viagens

A derrota do carioca foi a terceira seguida e o deixa muito distante dos melhores da divisão dos médios (84 kg). Aos 39 anos de idade, Vitor chegou até a falar em tom de despedida após o revés de ontem.

 

Anderson Silva x Weidman será no dia 28 de dezembro de 2013

Revista Deguste
Spider x Weideman II (esportes.br.msn.com)

Spider x Weideman II (esportes.br.msn.com)

Anote na agenda para não esquecer.

Será no dia 28 de dezembro a luta de revanche entre Anderson Silva e Chris Weidman.

O dono do UFC, Danna White, disse que esta será a maior luta da história do UFC até agora.

Dana-White (www.examiner.com)

Dana-White (www.examiner.com)

Júnior Cigano perde o cinturão no UFC

Compartilhe Viagens
Cain golpeia Cigano

Cain golpeia Cigano – Foto do Portal R7

O lutador brasileiro Júnior Cigano, 28 anos, não é mais campeão dos pesos-pesados do UFC.

Perdeu a luta, sábado de madrugada, para o novo campeão, Cain Velasquez.

Foi a segunda luta entre os dois. Cigano venceu a primeira e perdeu esta mais recente. Agora estão 1 x 1. O UFC deve promover o reencontro deles ainda em 2013, para o tira-teima.

Veja o vídeo – http://www.youtube.com/watch?v=ISrz47-EEKA

Ronda Rousey agora é do UFC

Revista Deguste
Ronda Rousey tem 25 anos

Ronda Rousey tem 25 anos

A bela lutadora Ronda Rousey, que tem uma carreira em ascensão parecida com a de Mike Tyson no começo dos tempos dele (explosiva e implacável), agora é lutadora do UFC.

Ronda já é personagem da história do esporte por ser campeã olímpica de judô e porque as suas lutas atuais, no MMA, são muito marcantes: ela não tem pena de entortar os braços de suas adversárias até que eles quebrem (se for preciso). Ao mesmo tempo, fora dos ringues, é uma mulher muito bonita.

Ronda lutava pelo Strickforce, uma espécie de concorrente do UFC, mas ele vai acabar. Então, migrou para o UFC, que não tinha luta entre mulheres e vai passar a tê-las a partir de agora.

Atualmente, Ronda não tem adversária a altura em sua categoria, de peso galo. Já venceu a todas as melhores do ranking. A única adversária que pode fazer frente a ela é a brasileira Cris Cyborg. Mas Cris é de uma categoria de peso superior e está temporariamente afastada do esporte por causa de dopping.

Veja as fotos delas em postagem anterior aqui do blog – http://blogdowashington.com.br/a-bela-ronda-rousey-ganha-mais-uma-luta-destruindo-a-adversaria-em-menos-de-um-minuto/