Vereador grava vídeo colocando nome à disposição para ser presidente do América 

O vereador Klaus Araújo colocou o nome a disposição dos Conselheiros do América para disputar a presidência do clube. Mas só aceita se for um nome de consenso.

Fúlvio assume como vereador quarta-feira, em Natal

Compartilhe Viagens
Fúlvio é o primeiro suplente do Solidariedade em Natal.

Fúlvio é o primeiro suplente do Solidariedade em Natal.

Na próxima quarta-feira(6), às 13h, o  vereador Fúlvio Saulo Mafaldo ( SD) toma posse na Câmara Municipal de Natal, assumindo temporariamente a vaga do vereador Klaus Araújo.  Fúlvio é o primeiro suplente do partido Solidariedade que atualmente tem três representantes na casa.

Vereador Klaus, Vice-prefeito Janiel e Célio Martins, presidente do Solidariedade de Apodi, vão a Mossoró dizer que o partido deve ter candidato a senador em 2018

Revista Deguste

19029738_2777245835747998_6794899360773387348_n

Após as declarações públicas dos coordenadores do partido Solidariedade de Caicó, Encanto e São Paulo do Potengi, agora três outros filiados do partido Solidariedade no Rio Grande do Norte anunciaram que vão a Mossoró, no próximo dia 10 de junho, para o encontro da executiva estadual do partido, defender que a legenda tenha candidato próprio ao Senado Federal.

O vereador Klaus Araújo, de Natal, diz que não há espaço para os jovens do Solidariedade defenderem candidaturas de personagens antigos, forjadas de cima para baixo, pelas elites políticas que dominam o Estado. “Precisamos de um candidato nosso, que represente o sentimento de mudança”, diz Klaus

O vice-prefeito do município de Várzea, Janiel Hercílio, e o coordenador do partido Solidariedade em Apodi, Célio Martins, que chegou a figurar como candidato a vice-prefeito da cidade no começo da campanha de 2016, também querem que o Solidariedade tenha um candidato próprio a Senador. “O Rio Grande do Norte não pode ficar mais refém dos grupos de José Agripino e Garibaldi”, concordam.

O encontro da executiva estadual de Mossoró será realizado no Hotel Thermas, às 9h, e será presidido pelo presidente estadual da legenda, Kelps Lima, e pelo presidente municipal do Solidariedade em Mossoró, ex-vereador Soldado Jadson.

 

Dono do Paçoca de Pilão é vereador de Parnamirim

Revista Deguste

O próximo mês de fevereiro é de aniversário para o restaurante Paçoca de Pilão, em Pirangi.

Participei da festa do ano passado, muito boa.

Este ano a celebração tem um sabor especial. Um dos donos, Giovanni Rodrigues, filho de Dona Adalva Rodrigues, elegeu-se vereador na última eleição em Parnamirim e ainda por cima ganhou a vaga de primeiro secretário na mesa diretora da Câmara.

Ai na foto, Giovani aparece ao lado dos outros componentes que comandam atualmente o Poder Legislativo em Parnamirim.

Mesa Diretora 2013 da Câmara de Vereadores de Parnamirim

Da esquerda para a direita: Giovanni do Paçoca de Pilão 1o secretário; Elienai, vice; Taveira, presidente; Gustavo 2o secretário
(Foto feita por Erivan Fernandes/Divulgação

Irmão do vereador que quer matar Nélter Queiroz é condenado

Compartilhe Viagens

A Justiça do município de Campo Grande, na região Oeste do Rio Grande do Norte (antiga cidade de Augusto Severo), condenou Aureliano Rodrigues a 18 anos de prisão por duplo homicídio praticado na vizinha cidade de Paraú, também região Oeste Potiguar.

Aureliano é irmão do vereador Odelmo de Moura Rodrigues, que está preso em Açu e é acusado de querer matar o deputado estadual Nélter Queiroz, afastado da Assembléia Legislativa, por causa das ameaças.

Aureliano passou 15 anos foragido do Rio Grande do Norte, sendo capturado recentemente, no Rio de Janeiro, dentro de investigações feitas pelo Ministério Público Potiguar em uma operação chamada de “Mal Assombro”.

A operação “Mal Assombro” é uma série de diligências que o Ministério Público vem realizando para desvendar acusações que apontam o vereador Odelmo (irmão de Aureliano) como contratante de muitos assassinatos no Rio Grande do Norte. Antes de ser preso, Odelmo era presidente da Câmara de Vereadores de Assu.

Gravações em poder da polícia dão conta de que Odelmo teria encomendado a morte de Nélter Queiroz por R$ 50 mil.

Vereador suspeito de querer matar Nélter Queiroz quer sair da prisão, mas STJ não deixa

Revista Deguste

Com informações do Ministério Público do RN

Odelmo de Moura Rodrigues, ex-presidente da Câmara de Vereadores de Assu, continuará preso no Quartel do Comando da PM em Natal por crimes de pistolagem.

A decisão é do Superior Tribunal de Justiça que negou liminarmente o pedido de Habeas Corpus do vereador. A posição do STJ ratifica a existência de sólidas razões fáticas e jurídicas para a prisão decretada a pedido do Ministério Público e da Polícia Civil. No final de setembro deste ano o vereador já havia sofrido uma derrota no Tribunal de Justiça do RN, que negou a unanimidade se pedido de Habeas Corpus.

Odelmo de Moura Rodrigues  foi preso durante a Operação Mal Assombro, promovida pelo Ministério Público Estadual e Polícia Civil no final de mês de maio, acusado de liderar uma quadrilha de pistoleiros no Município de Assu. Entre os alvos da quadrilha estava um deputado estadual do Rio Grande do Norte.

Segundo as investigações, a quadrilha cometia assassinatos por motivos diversos, que vão desde brigas pessoais até possíveis disputas econômicas e políticas. Porém, nos últimos anos, também foram executados pistoleiros que pertenciam ao próprio grupo, com o objetivo de “queima de arquivo”.

 

Vereador mais jovem é filho do deputado mais votado

Compartilhe Viagens
Jacó Jácome é o vereador mais jovem

Jacó Jácome é o vereador mais jovem

Estudante de direito, Jacó Jácome, 20 anos, é o vereador mais jovem de Natal, teve 5.942 votos nesta eleição. Ele consolida o excelente momento político pelo qual passa a sua família. Jacó é filho do deputado estadual Antônio Jácome, que foi o deputado mais votado, com mais de 50 mil votos, na última eleição em 2012.

Corpo encontrado em sítio de vereador é identificado

Revista Deguste

 

Fonte: Polícia Civil do Rio Grande do Norte

A investigação criminal já tem a identidade da vítima encontrada na semana passada no interior de um carro enterrado dentro do Sítio Euzébio, de propriedade do vereador Cleonaldo Joaquim Oliveira, localizado na cidade de Vera Cruz, distante 37km  de Natal.

Trata-se de Paulo Sérgio de Araújo, desaparecido desde o dia 17 de setembro de 2009, quando foi registrado o Boletim de Ocorrência pela mãe da vítima. Paulo Sérgio foi visto pela última vez na cidade de Macaíba, dirigindo um veículo tipo GM Kadett de cor vermelha. Ele teria sido raptado por quatro homens que estavam num Gol branco e usando o colete da Polícia. Um dos homens levou o carro da vítima.

A identificação oficial será possível através de exame de DNA.

Memória

Policiais civis, federais e representantes do Ministério Público deflagraram operação no último dia 27 com o objetivo de cumprir dois mandados de busca e apreensão na residência e no sítio de propriedade do vereador Cleonaldo Joaquim Oliveira, localizadas na cidade de Vera Cruz, distante 37km  de Natal.

Os policiais foram até o Sítio Euzébio, de propriedade de Cleonaldo, que fica à 9km de Vera Cruz e no local apreenderam oito cartuchos de espingarda calibre 32 deflagrados e uma ossada sem o crânio no interior de um carro enterrado dentro do sítio. Para localizar o veículo, que seria possivelmente um Kadett, os policiais tiveram de utilizar um detector de metais e uma escavadeira. O carro possuía sinais de ter sido incendiado.

O presidente da Câmara Municipal de Vera Cruz havia sido preso pela Polícia Civil há três meses, acusado de porte ilegal de armas e receptação. Naquela ocasião, Cleonaldo Joaquim Oliveira também foi indiciado pelo assassinato de Erival Lopes da Silva, de 37 anos, morto na noite anterior à prisão do vereador por quatro disparos de arma de fogo.

 

Cadáver em fazenda de vereador

Compartilhe Viagens

Polícia encontrou ossada dentro de carro

Policiais civis, federais e representantes do Ministério Público deflagraram operação na manhã dessa quinta-feira (27) com o objetivo de cumprir dois mandados de busca e apreensão na residência e no sítio de propriedade do vereador Cleonaldo Joaquim Oliveira, localizadas na cidade de Vera Cruz, distante 37km  de Natal.

As buscas feitas pela polícia tiveram início na residência do vereador localizada na Rua João XXIII. Em seguida os policiais foram até o Sítio Euzébio, de propriedade de Cleonaldo, que fica à 9km de Vera Cruz e no local apreenderam oito cartuchos de espingarda calibre 32 deflagrados.

A Polícia também encontrou uma ossada sem o crânio no interior de um carro enterrado dentro do sítio. Para localizar o veículo, que seria possivelmente um Kadett, os policiais tiveram de utilizar um detector de metais e uma escavadeira. A ossada foi encaminhada para o ITEP, onde serão realizados exames para a identificação do corpo. O carro possuía sinais de ter sido incendiado.

Durante a operação, os policiais também apreenderam uma motocicleta com suspeita de adulteração nas proximidades da residência do vereador, mas o veículo não é de propriedade de Cleonaldo.

O presidente da Câmara Municipal de Vera Cruz havia sido preso pela Polícia Civil há exatos três meses, acusado de porte ilegal de armas e receptação. Naquela ocasião, Cleonaldo Joaquim Oliveira também foi indiciado pelo assassinato de Erival Lopes da Silva, de 37 anos, morto na noite anterior à prisão do vereador por quatro disparos de arma de fogo.

(Com informações da Polícia Civil do Rio Grande do Norte)