20 anos depois, suspeito de matar médico é capturado

Revista Deguste
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte anunciou ter prendido, no dia 15 deste mês, na cidade de Aracaruz/ES, o foragido Evaristo Mesquita de Figueiredo, vulgo “Tostão”, condenado pelo assassinato do médico Gentil Oliveira, morto há mais de 20 anos, na cidade de Alexandria/RN.

Segundo a Polícia, Evaristo estava usando nome falso de Marcus Nunes da Silva. Evaristo Mesquita será encaminhado para o Rio Grande do Norte por policiais da Delegacia de Capturas nos próximos dias.
Dizia que era Marcos, mas na verdade era Evaristo

Dizia que era Marcos, mas na verdade era Evaristo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *