Fecomércio emite nota contra tombamento do Hotel Reis Magos

Revista Deguste

CÂMARA DE TURISMO MARCA POSIÇÃO A FAVOR DE DEMOLIÇÃO DAS RUÍNAS DO ANTIGO HOTEL REIS MAGOS

 A Câmara Empresarial do Turismo da Fecomércio RN, órgão consultivo da presidência da Federação, composto pelas principais entidades representativas do turismo do RN, vem a público registrar seu posicionamento acerca da polêmica envolvendo o destino a ser dado ao prédio onde funcionou o antigo Hotel Reis Magos, na orla urbana de Natal.

Em nossa opinião, o uso e destino do equipamento deve ser definido pelo grupo empresarial que o adquiriu, uma vez que o mesmo o fez com o intuito de explorar comercialmente a área, implantando lá um novo empreendimento.

Vale ressaltar que, com isso, o grupo estará, a nosso ver, consolidando um importante primeiro passo para que aquela região da cidade possa retomar o rumo do desenvolvimento social e econômico sustentável, com o devido respeito às leis, ao meio ambiente, à história e à cultura do nosso estado, dogmas que fazem parte do que entendemos ser o caminho certo para que o turismo potiguar consiga ampliar o seu leque de produtos e, com isso, seu potencial de atração de visitantes, com reflexos diretos, profundos e positivos na economia norte-riograndense.

No caso específico em tela, tal postura é referendada pelo Conselho Estadual de Cultura que, em votação recente, reconheceu, por nove votos a um, ser desnecessário tombar as ruínas do antigo hotel, reconhecendo como legítimo e justo o direito do grupo de demoli-las.

Por fim, cumpre-nos destacar que nossa posição será sempre a de defender a livre iniciativa e o seu direito de tomar suas próprias decisões empresariais, alinhadas com o estímulo ao desenvolvimento e à geração de emprego e renda. Claro que estas posturas precisarão manter o respeito às leis, à nossa história, à nossa cultura e ao meio ambiente.

Qualquer atitude divergente encontrará em nós, um posicionamento antagônico, crítico e de resistência. Sempre com o máximo respeito e serenidade.