Magnólia é a menos rejeitada em Assu e São Gonçalo do Amarante

Revista Deguste

WhatsApp Image 2018-07-15 at 14.27.26

A pré-candidata ao Senado Federal pelo partido Solidariedade do Rio Grande do Norte, Magnólia Figueiredo, tem a menor rejeição nos municípios de Assu e São Gonçalo do Amarante, como apontou a pesquisa do Instituto Seta, publicada na sexta-feira, 13 de julho.

O menos rejeitado é o que tem o maior potencial de crescimento durante uma campanha eleitoral.

A soma do número de indecisos mostra que a maioria dos eleitores ainda está aguardando a campanha para definir quais serão os próximos senadores do RN.

A rejeição mostra em que os eleitores não vão votar de jeito nenhum.
A pesquisa apontou o nome de Garibaldi Alves como o mais rejeitado em Assu, com 16,34%, seguido por Antônio Jácome, da chapa de Carlos Eduardo Alves, com 10,64%.

Em São Gonçalo do Amarante, Garibaldi Alves também é o mais rejeitado (15,01%), sendo Zenaide Maia a segunda com maior rejeição (5,29%).

A pesquisa foi realizada em Assu nos dias 7 e 8 de julho e ouviu 400 pessoas. Em São Gonçalo foram 470 entrevistados.

Magnólia, José Agripino e Garibaldi já possuem apoio de seus partidos nas suas pré-candidaturas ao Senado pelo RN

Compartilhe Viagens

WhatsApp Image 2018-02-06 at 19.11.51

Pelo menos três nomes já definiram suas pré-candidaturas ao Senado a partir da consolidação que possuem dentro dos seus partidos. Os dois senadores já com mandato pelo RN, Garibaldi e Agripino, que estão fechados na chapa casada para apoiar a eleição do prefeito de Natal, Carlos Eduardo; e a professora Magnólia Figueiredo, atleta olímpica que representou o RN em quatro olimpíadas, e possui unanimidade dentro da sua legenda, o Solidariedade, e apoia a pré-candidatura do deputado Kelps Lima a governador.

A deputada federal Zenaide Maia, muito bem citada nas pesquisas de opinião, ainda não definiu publicamente o partido por qual vai disputar as eleições.